ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Zidane sobre Neymar no Real Madrid: ‘Tudo pode acontecer’

Treinador francês, no entanto, disse que pensa apenas nos atletas que já tem à disposição e que aguarda ansiosamente o fechamento do mercado

Por Da redação Atualizado em 27 set 2021, 13h55 - Publicado em 23 ago 2019, 11h47

O técnico francês Zinedine Zidane, do Real Madrid, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 23, e, como não poderia deixar de ser, voltou a ser questionado sobre a maior novela do mercado de transferências, a possível contratação do atacante Neymar. O ex-jogador desconversou e e nem sequer mencionou o nome do brasileiro na resposta.

“Os jogadores que tenho são os que estão aqui. Até o dia 2, tudo pode acontecer, como em todos os clubes. Alguém pode ir e alguém pode vir. Quero que chegue o dia, para que estas perguntas não sejam mais feitas”, afirmou Zidane. A janela de transferências na Espanha, na França e na Alemanha fecha apenas em 2 de setembro, enquanto na Itália se dá um pouco mais cedo em 25 de agosto, respectivamente. 

“O que me preocupa é o jogo de sábado e nada mais. É o que me interessa”, completou. O Real Madrid encarará no sábado, 24, o Valladolid, no estádio Santiago Bernabéu, pela segunda rodada do Campeonato Espanhol. Na estreia, o clube da capital passou pelo Celta de Vigo por 3 a 1.

Situação física de Neymar preocupa em Madri

Os rivais Real Madrid e Barcelona seguem firme na disputa para tirar Neymar no Paris Saint-Germain. O clube da capital é o favorito do clube francês, enquanto o atacante brasileiro, ainda que não admita publicamente, deseja retornar à Catalunha. Esta, no entanto, não é a maior preocupação do Real Madrid. O diário Marca informou nesta sexta-feira, 23, que o maior campeão europeu pediu informações completas do real estado físico de Neymar.

As recentes lesões no pé direito, que lhe prejudicaram na Copa do Mundo da Rússia e o tiraram de duas edições da Liga dos Campeões e também da última Copa América, geram um clima de incerteza na diretoria. Enquanto isso, o Barcelona pressiona o entorno de Neymar para que o brasileiro manifeste abertamente seu plano de voltar ao clube, o que praticamente tiraria o Real Madrid da disputa e deixaria o PSG praticamente obrigado a facilitar seu retorno.

(com agência EFE)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade