ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Zé Maria é homenageado no Corinthians com busto que remete à final de 1979

Emocionado e cercado por ex-companheiros, ídolo do clube recebeu o busto com camisa icônica na sede do Corinthians nesta quinta-feira, 11

Por Da Redação Atualizado em 11 nov 2021, 17h55 - Publicado em 11 nov 2021, 17h48

O Corinthians inaugurou nesta quinta-feira, 11, uma estátua em homenagem ao emblemático ex-jogador do clube Zé Maria, 72 anos, no Parque São Jorge, sede do clube. A data escolhida remete ao aniversário de 51 anos da estreia do jogador pelo clube, onde atuou por 13 temporadas. Além do homenageado, o evento também teve a participação de ídolos como Casagrande, Ataliba, Wladimir, Basílio, Biro-Biro, Solito e Geraldão, ex-jogadores alvinegros que discursaram em homenagem ao Super Zé, como é carinhosamente chamado pelo clube e pela torcida. 

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Lembrado pela raça e entrega dentro de campo, o busto de bronze do jogador faz homenagem ao jogo de ida da final do Paulistão de 1979, entre Corinthians e Ponte Preta. Durante o jogo, o então lateral direito sofreu um corte no supercílio e, mesmo após receber oito pontos na testa, voltou à campo com a camisa ensanguentada para ajudar o time a vencer por 1 a 0, daquela que se tornaria uma das imagens mais icônicas do jogador.

Ele atuou pelo Corinthians entre 1970 e 1983, marcando 17 tentos em incríveis 598 jogos, se tornando o quarto jogador com mais partidas na história do clube. Na prateleira, ele acumula ainda os paulistas de 1977, 1979,1982 e 1983.  

Na cerimônia, Zé Maria agradeceu, emocionado, o reconhecimento. “Eu pensei que fosse forte, mas hoje, sinceramente… Não sei se vou conseguir colocar em palavras, mas quero agradecer aos presidentes, diretores, conselheiros por isso. Demorou para cair a ficha, de receber essa homenagem. Eu só tenho agradecimentos para fazer. Eu tenho que agradecer minha família, às pessoas que estão próximas, os amigos, os torcedores, os colegas de profissão. Se estou aqui é por eles também, ninguém ganha nada sozinho”, disse o homenageado. 

O presidente do clube, Duílio Monteiro Alves, falou sobre a carreira do homenageado no Corinthians. “É um prazer fazer esta homenagem ao Super Zé, o cara que dentro de campo sempre mostrou o que é o Corinthians, o que é a força desse povo, o que é a raça, entrega, superação. Imortalizado no coração do corintiano. Eu acompanhei a trajetória dele com meu avô, depois meu pai, tive o prazer de estar perto dele mesmo pequeno, e pude entender, acompanhar sua história e tudo o que ele representa para essa nossa nação”, comentou o dirigente. 

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade