Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Zagueiro do Villarreal é preso, acusado de tentativa de homicídio

Português Ruben Semedo foi detido, sem possibilidade de pagamento de fiança

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 29 set 2021, 09h34 - Publicado em 22 fev 2018, 15h28

O zagueiro português Ruben Semedo, do Villarrealfoi oficialmente acusado nesta quinta-feira de tentativa de homicídio e outros crimes, dois dias após ser detido pela polícia espanhola. Um tribunal do país ordenou a prisão temporária do jogador de 23 anos, sem possibilidade de pagamento de fiança.

Semedo prestou depoimento nesta quinta-feira e deixou o tribunal algemado. Mais tarde, a corte da cidade de Lliria, na Comunidade Valenciana, anunciou a acusação formal contra o jogador, que responderá também pelos crimes de agressão, roubo, sequestro e posse ilegal de armas.

Na última terça-feira, Semedo foi detido pela polícia na região de Valência, após acusações feitas por um homem no último dia 12. O acusador garantiu ter sido sequestrado, amarrado e espancado pelo jogador e outros dois homens. Ele afirmou ainda que foi mantido na casa do atleta, enquanto o zagueiro e seus comparsas tiraram-lhe a chave de casa e roubaram diversos bens de sua residência.

O empresário de Semedo declarou à imprensa espanhola que o zagueiro negou qualquer delito. O Villarreal alertou na última terça que abriu um inquérito disciplinar para fazer sua própria investigação sobre o ocorrido.

Semedo tem passagens pelas divisões de base de Portugal e foi revelado pelo Sporting. Ele chegou ao Villarreal em 2017, e custou 14 milhões de euros aos cofres do clube espanhol.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade