CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Xavi defende tradição do ‘pasillo’: ‘Respeito e esportividade’

Ao contrário do Atlético de Madri, que negará cortesia ao Real Madrid, Barcelona felicitará o Betis, campeão da Copa do Rei

Por Da redação 6 Maio 2022, 16h24

O assunto ‘pasillo‘ segue dando o que falar na Espanha. No início desta semana, o Atlético de Madri anunciou que não fará a tradicional homenagem, na qual um time posiciona seus jogadores em um corredor para receber sob uma salva de palmas a um adversário que tenha sido campeão na rodada anterior, no caso o rival Real Madrid, que já assegurou o título do Campeonato Espanhol. Nesta sexta-feira, 6, o técnico Xavi Hernández, do Barcelona, deixou claro que é a favor do pasillo e que seus atletas aplaudirão o Real Betis pelo título da Copa do Rei, no duelo deste sábado, 7, às 16h (de Brasília), por LaLiga.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Temos de enviar sinais de respeito e esportividade aos torcedores. Não ensinar isso às crianças seria um erro. Falamos sobre isso no vestiário e os jogadores estão de acordo”, argumentou o ex-meio-campista, que relembrou ele próprio já ter aplaudido a um rival campeão, em 2008. “Eu mesmo já fiz pasillo ao Real Madrid. Temos de respeitar o rival. O resto são polêmicas que não interessam”, completou Xavi em entrevista coletiva.

O pasillo é uma prática recorrente, não obrigatória, sobretudo nos campeonatos espanhol e inglês. Em 2018, o tema também causou polêmica quando o Real Madrid se negou a realizar a honraria ao Barcelona, campeão da Liga. Na época, Zinedine Zidane, então técnico merengue, justificou sua decisão dizendo se tratar de uma resposta ao Barça, que não aplaudiu o rival depois da conquista do Mundial de Clubes de 2017.

De volta a 2022, o Atlético de Madri se mostra irredutível sobre sua posição, que foi defendida em nota oficial pela presidência do clube. “Alguns querem converter o que nasceu como um gesto de reconhecimento ao campeão em um pedágio público que seus rivais devem pagar, também impregnado do aroma da humilhação”, disse o Atleti em nota oficial. O clássico da capital espanhola acontece no domingo, às 16h (de Brasília), no Wanda Metropolitano.

“O objetivo não pode ser criar tensão e contaminar o ambiente. Recebemos o ‘pasillo’ no primeiro jogo que jogamos em casa, contra o Elche. Naturalmente, agradecidos e, obviamente, sem qualquer exigência”, continua o comunicado, citando a homenagem que o próprio Atlético, campeão espanhol da temporada passada, recebeu no início do atual campeonato.

Com 81 pontos, o Real Madrid conquistou o Espanhol com quatro rodadas de antecedência, já que está 15 pontos à frente do segundo colocado Barcelona. Completam a zona de classificação para a Liga dos Campeões o Sevilla, em terceiro, com 64 pontos, e o próprio Atlético, em quarto, com 61.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês