ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Um gol, brigas e lesão: o histórico de Neymar x Colômbia em jogos oficiais

Craque brasileiro já passou por momentos de baixa, expulsão e traumas contra seleção colombiana; nesta quinta, haverá um reencontro em São Paulo

Por Da Redação 10 nov 2021, 11h42

Nas vésperas de jogos da seleção brasileira, o assunto Neymar costuma ser o mais comentado. Desta vez, um dia antes do Brasil receber a Colômbia pelas Eliminatórias da Copa de 2022, é impossível não lembrar do histórico do craque contra a equipe colombiana em partidas oficiais (excluindo amistosos). Os números individuais são abaixo da média. A lesão na Copa do Mundo de 2014, após joelhada de Zuñiga, e a expulsão na Copa América de 2015 fazem com que os colombianos sejam uma “pedra no sapato” do brasileiro.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Em seis jogos oficiais contra a Colômbia com o craque em campo, o Brasil saiu vitorioso em três, empatou dois e perdeu apenas um. O primeiro encontro oficial de Neymar com a seleção colombiana aconteceu em 2014, pelas quartas de final da Copa do Mundo.

Já no início daquele confronto, o brasileiro cobrou o escanteio que terminou em gol de Thiago Silva para abrir o placar. Porém, aos 44 minutos do segundo tempo, recebeu uma joelhada do defensor rival Camilo Zuñiga, o que provocou a fratura na terceira vértebra da coluna lombar e tirou o atleta do torneio. Sem ele, o Brasil perderia a semifinal para a Alemanha por incríveis 7 a 1 no Mineirão.

Neymar x Colômbia em jogos oficiais

6 jogos
3 vitórias
2 empates
1 derrota
1 gol marcado

Gol de falta de Neymar, em amistoso ainda em 2014 -
Gol de falta de Neymar, em amistoso ainda em 2014 – Mike Ehrmann/Getty Images

Pouco menos de um ano depois, foi a vez das seleções se encontrarem pela Copa América do Chile, jogada em 2015. A partida da primeira fase colocou frente a frente Neymar e Zuñiga pela segunda vez – o primeiro duelo entre os jogadores após o ocorrido no Mundial aconteceu por um amistoso em 5 de setembro de 2014, com um gol de falta do camisa 10. Desta vez, a postura bastante enervada do brasileiro era evidente.

O atacante não fez boa partida e, no fim do jogo, foi expulso após desentendimento com o zagueiro Jeison Murillo e o atacante Carlos Bacca. As câmeras também flagraram o brasileiro xingando Zuñiga. Novamente sem o camisa 10, o Brasil acabaria eliminado nas quartas de final, nos pênaltis, pelo Paraguai.

Continua após a publicidade

Neymar se envolveu em confusão com Carlos Bacca em amistoso em 2015 -
Neymar se envolveu em confusão com Carlos Bacca em 2015 – Daniel Jayo/Getty Images
Neymar se desentende com Téo Gutiérrez na Olimpíada de 2016 -
Neymar se desentende com Téo Gutiérrez na Olimpíada de 2016 – Robert Cianflone/Getty Images

No ano seguinte, foi a vez da resposta positiva. Primeiro, em jogo não-oficial, mas pelas Olimpíadas de 2016, quando Neymar brilhou e marcou belo gol de falta na vitória por 2 a 0 sobre os colombianos pelas quartas de final do torneio de futebol, na Neo Quimica Arena.

Dias depois, Neymar fez seu primeiro – e único, até então – grande jogo oficial contra a Colômbia, pelas Eliminatórias para a Copa de 2018, em êxito brasileiro por 2 a 1. Na Arena Amazônia, o craque cruzou na cabeça de Miranda, que abriu o placar, e também marcou com a perna esquerda o gol da vitória. Um ano depois, pelo mesmo torneio, assistiu Willian em empate por 1 a 1.

Neste ano, pela Copa América, o Brasil bateu a Colômbia por 2 a 1, em que Neymar, mesmo um pouco apagado, foi responsável por cobrar o escanteio que terminou com gol de Casemiro. Há exatamente um mês que o último confronto entre o craque e a seleção colombiana aconteceu, quando o jogo terminou em 0 a 0 pelas Eliminatórias.

Neymar responde a provocação do zagueiro colombiano Yerri Mina em jogo pelas Eliminatórias -
Neymar responde a provocação do zagueiro colombiano Yerri Mina em jogo pelas Eliminatórias – Guillermo Legaria/Getty Images

Com muitos erros cometidos na partida, o brasileiro foi muito criticado pela atuação sem brilho e com pouca eficiência. Ainda na partida, o camisa 10 se estranhou com jogadores colombianos, especialmente o zagueiro Yerry Mina, e voltou a demonstrar desequilíbrio. “Somando amistosos, Olimpíadas e jogos oficiais, Neymar tem rendimento melhor contra a Colômbia: 10 jogos, com cinco vitórias, quatro empates e uma derrota, e cinco gols marcados.

Para o jogo da próxima quinta-feira, 11, o Brasil contará, pela primeira vez desde o começo da pandemia, com público em um jogo disputado na Neo Química Arena, em São Paulo. A bola rola às 21h30 e o duelo será transmitido em TV aberta pela Globo e pelo canal pago SporTV.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade