Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Três gols, recorde e taça: a noite mais emotiva de Messi

Craque argentino superou marca de Pelé e chorou ao exibir a Copa América vencida no Maracanã no reencontro com a torcida em Buenos Aires

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h15 - Publicado em 10 set 2021, 00h35

Lionel Messi e seus colegas posam com a taça da Copa América
“Esperei muito tempo por isso”, discursou Messi Juan I. Roncoroni/Getty Images

A festa estava toda preparada e ele fez questão de aproveitá-la. Lionel Messi viveu uma das noites mais emocionantes de sua carreira nesta quinta-feira, 10, na vitória por 3 a 0 da Argentina sobre a Bolívia, em Buenos Aires, pelas Eliminatórias da Copa de 2022. O craque argentino de 34 anos marcou os três gols do jogo, superando um recorde que pertencia a Pelé, e, ao fim da partida, chorou ao exibir aos torcedores que puderam retornar ao Monumental de Núñez a Copa América conquistada há dois meses no Maracanã.

Os 21.000 torcedores presentes ao estádio do River Plate testemunharam uma atuação de gala e a consagração definitiva de Messi como um ídolo nacional. Ele chegou a 79 tentos pela Argentina, superando os 77 de Pelé pelo Brasil, e se tornando assim o maior artilheiro dentre as seleções sul-americanas. Ao final da partida, Messi se emocionou como poucas vezes na carreira.

“Tinha muita vontade de poder celebrar. Esperei muito tempo por isso, busquei e sonhei”, discursou. O título da Copa América diante do Brasil encerrou um jejum de 28 anos sem título da seleção argentina adulta. “É um momento único pela maneira como se deu, depois de esperar tanto. Não havia melhor maneira de poder celebrar do que estar aqui. Minha mãe está aqui, meus irmãos estão na tribuna. Eles sofreram muito e hoje estão comemorando. Estou muito feliz.”

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade