CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Toni Kroos anuncia aposentadoria da seleção alemã

Aos 31 anos, meia se disse orgulhoso de sua trajetória na equipe, mas que agora pretende se concentrar nos objetivos do Real Madrid e na vida familiar

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 19h02 - Publicado em 2 jul 2021, 09h50

O meio-campista Toni Kroos anunciou nesta sexta-feira, 2, que não voltará a vestir a camisa da seleção da Alemanha. O jogador do Real Madrid disse que a decisão já estava tomada antes do início da Eurocopa, da qual sua equipe foi eliminada nas oitavas de final pela Inglaterra, com uma derrota por 2 a 0 em Londres. Aos 31 anos, ele deixa a equipe com 106 jogos disputados e o título da Copa do Mundo de 2014 no Brasil no currículo.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Joguei pela Alemanha 106 vezes. Não haverá uma outra. Eu gostaria muito, e dei tudo de novo, que houvesse 109 partidas no final e que este grande título, a Eurocopa, tivesse sido adicionada. Eu havia tomado a decisão de desistir após este torneio por um longo tempo. Há muito tempo estava claro para mim que eu não estaria disponível para a Copa do Mundo de 2022 no Catar. Principalmente porque quero me concentrar totalmente nos meus objetivos com o Real Madrid nos próximos anos. Além disso, a partir de agora vou permitir-me deliberadamente uma quebra que não existia como jogador nacional há onze anos”, iniciou Kroos em seu discurso nas redes sociais.

Toni Kroos em ação no Mundial Sub-17 de 2007
Toni Kroos em ação no Mundial Sub-17 de 2007 Chung Sung-Jun/Bongarts/Getty Images

“Além disso, como marido e pai, quero estar ao lado de minha esposa e três filhos. Foi uma grande honra para mim poder usar esta camisa por tanto tempo. Fiz isso com orgulho e paixão. Obrigado a todos os fãs e apoiadores que me carregaram e apoiaram com seus aplausos e gritos. E obrigado a todos os críticos por sua motivação extra. No final, gostaria de agradecer muito a Jogi Löw. Ele me tornou um jogador nacional e campeão mundial. Ele confiou em mim. Há muito tempo que escrevemos uma história de sucesso. Foi uma honra para mim estar bem – e boa sorte e sucesso para Hansi Flick”, completou o meia.

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Toni Kroos (@toni.kr8s)

Kroos disputou as Copas do Mundo de 2010, 2014 e 2018 pela Alemanha e foi um dos destaques da conquista em terras brasileiras, há sete anos. Ele marcou dois gols na histórica goleada por 7 a 1 sobre o Brasil, na semifinal, no Mineirão. Ele acumula ainda cinco Ligas dos Campeões (uma pelo Bayern de Munique e quatro pelo Real Madrid).

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês