CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Tite diz que Lodi perdeu chance de ser convocado por não estar vacinado

Treinador defendeu a imunização contra a Covid-19 e relembrou adiamento de clássico: "Nós respeitamos as leis dos países, diferentemente da Argentina"

Por Da redação Atualizado em 13 jan 2022, 12h01 - Publicado em 13 jan 2022, 11h35

O técnico Tite fez a primeira convocação da seleção brasileira em 2022 nesta quinta-feira, 13, para os jogos contra o Equador, dia 27 de janeiro, em Quito, e diante do Paraguai, no Mineirão, em Belo Horizonte, em 1º de fevereiro. Na lateral-esquerda, ele optou por Alex Sandro, da Juventus, e Alex Telles, do Manchester United. Questionado sobre a ausência de Renan Lodi, do Atlético de Madri, o técnico disse que o motivo foi o fato de o jogador não estar imunizado contra a Covid-19.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“O que posso antecipar é que o Renan Lodi não pôde ser convocado pela não-vacinação, ele teve alijada essa possibilidade, perdeu a oportunidade de concorrer”, citando que a decisão também passou pelo departamento médico. Usando um pin do Zé Gotinha, personagem símbolo da vacinação no país, Tite deixou clara a sua posição sobre o tema. 

“Eu particularmente entendo que a vacinação é uma responsabilidade social, ele é minha e de outras pessoas. Eu e minha família queríamos ter a oportunidade de poder proteger a todos, nossos netos. Segundo, há um aspecto de respeitar as autoridades sanitárias”, afirmou o treinador, que ainda citou o episódio que culminou no adiamento do jogo contra a Argentina, em São Paulo, quando membros da Anvisa entraram em campo para retirar atletas argentinos que não haviam cumprido quarentena obrigatória. “Nós respeitamos as leis dos países, diferentemente do que a Argentina fez aqui.”

O coordenador se seleções Juninho Paulista informou que Lodi tomou apenas a primeira dose e que, por isso, não poderia participar das Eliminatórias. “O Renan Lodi não poderia entrar no Equador e aqui no Brasil também há restrições. Ele teve a primeira dose agora dia 10 e não estaria apto, dentro das regras sanitárias do país.”

Por fim, o auxiliar César Sampaio, que no início da coletiva já havia exaltado a eficácia da vacina, disse que a comissão não obriga ninguém a tomar vacina.  “Não obrigamos. Nos respeitamos e temos a nossa opinião, mas não obrigamos ninguém a se vacinar. “

Guilherme Arana, do Atlético Mineiro, por sua vez, foi prejudicado pelo fato de estar voltando de férias. “O Arana poderia estar, mas não teve ainda trabalhos mais específicos de treinamento.”

Continua após a publicidade

Confira a lista de convocados para os jogos contra Equador e Paraguai:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras)

Laterais: Emerson Royal (Tottenham), Daniel Alves (Barcelona), Alex Sandro (Juventus) e Alex Telles (Manchester United)

Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid) e Gabriel Magalhães (Arsenal)

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Gerson (Olympique de Marselha), Bruno Guimarães (Lyon), Fred (Manchester United), Coutinho (Aston Villa), Everton Ribeiro (Flamengo) e Lucas Paquetá (Lyon) e Fabinho (Liverpool)

Atacantes: Vinicius Júnior (Real Madrid), Antony (Ajax), Gabriel Jesus (Manchester City), Matheus Cunha (Atlético de Madri), Raphinha (Leeds United), Gabriel Barbosa (Flamengo) e Rodrygo (Real Madrid)

(Mais informações em instantes)

Continua após a publicidade

Publicidade