ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Tite contém euforia sobre Raphinha, mas avisa: ‘concorrência aumentou’

Treinador preferiu adotar tom ponderado para avaliar atacante do Leeds, autor de dois gols contra o Uruguai, e não garantiu presença na próxima convocação

Por Da Redação Atualizado em 15 out 2021, 09h30 - Publicado em 15 out 2021, 09h25

O técnico da seleção brasileira, Tite, ponderou o otimismo ao ser questionado sobre a atuação do atacante Raphinha, autor de dois gols na vitória por 4 a 1 sobre o Uruguai, nesta quinta-feira, 14, em Manaus, em jogo válido pela 12ª rodada das Eliminatórias da Copa de 2022. O treinador ainda pediu calma nas avaliações e avisou que o jogador de 24 anos do Leeds United pode sofrer com oscilação

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Continuamos com calma. É um processo. A gente tem a constatação da grande atuação, mas, senão, ficamos achando que é o pico da montanha. Vai oscilar, porque é normal, porque é um garoto jovem, porque toda uma atmosfera foi gerada. Fez um grande jogo, sim, mas temos que ter bom senso e serenidade na hora das avaliações”, disse o treinador.

Raphinha foi a principal surpresa no último grupo de convocados para a seleção. Sem jogar profissionalmente no país, construiu carreira na Europa e quase foi chamado para a seleção italiana. Logo na primeira temporada no Leeds marcou seis gols e distribuiu nove assistências, o brasileiro com mais passes decisivos para gols na Premier League, a frente de Firmino (7) e Matheus Pereira (6).

Na estreia pela seleção, diante da Venezuela, em Caracas, Raphinha teve participação decisiva ao entrar no segundo tempo e impulsionar a equipe a virar o jogo para 3 a 1. Questionado se seriam credenciais suficientes para garanti-lo na próxima convocação, no próximo mês, Tite evitou confirmar.

Raphinha e Neymar tiveram grande atuação diante dos uruguaios -
Raphinha e Neymar tiveram grande atuação diante dos uruguaios – Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação
Continua após a publicidade

“Estou pensando na próxima convocação. Em respirar. Quero ligar para minha esposa, para minha filha, estou com saudade dos meus netos, de enchê-los de beijo. Deixa eu curtir um pouco aqui. Agradecer o [Marcelo] Bielsa, o radar que tivemos nesse acompanhamento, confirmado na sequência. Em conversa com Bielsa, fica meu agradecimento público”, explicou.

“Tem que jogar muito no seu clube. A concorrência aumenta, o sarrafo aumenta, o nível aumenta e o atleta compete para estar na Seleção. Competir de forma leal é legal. Não é com trairagem”, completou.

Para a partida, o técnico promoveu cinco mudanças: as entradas de Ederson, Emerson Royal, Thiago Silva, Lucas Veríssimo e Raphinha. O ataque é, possivelmente, o local de maior disputa da equipe. Gabriel Jesus e Richarlison, fora desta convocação por lesão, são homens de confiança de Tite, com maiores chances de ir ao Catar.

Outros jogadores de frente, porém, devem brigar até novembro do ano que vem, pelas vagas que restam: Antony, Raphinha, Gabriel Barbosa, Matheus Cunha e Vinicius Junior criam as maiores esperanças, com Everton Cebolinha, Bruno Henrique, David Neres, Arthur Cabral, Malcom e outros na cola.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade