Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Tite aceita proposta da CBF e renova até 2022

Respaldado pelos cartolas mesmo após decepção na Rússia, treinador gaúcho comandará seleção brasileira no ciclo para o Mundial do Catar

Por Alexandre Salvador Atualizado em 28 set 2021, 18h18 - Publicado em 25 jul 2018, 13h46

Tite seguirá no comando da seleção brasileira. Após algumas semanas de descanso com a família, o treinador gaúcho tomou a decisão de permanecer no cargo até a Copa de 2022 e viajou para o Rio de Janeiro, onde selará o acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda nesta quarta-feira.

A avaliação dos cartolas, e também de Tite e da comissão, é de que o trabalho foi benfeito nos últimos dois anos, apesar da decepcionante eliminação para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo, e deveria ter sequência nos próximos quatro anos.

Ainda na Rússia, o diretor executivo de gestão da CBF, Rogério Caboclo, já eleito presidente da entidade para o quadriênio que se iniciará em abril de 2019, ofereceu a renovação de contrato, mas Tite pediu um tempo para refletir. A tendência é que toda a comissão técnica seja mantida. O anúncio oficial deve ocorrer nesta tarde.

 

 

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade