ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Corte aumenta punição e Guerrero está fora da Copa do Mundo

O jogador terá de cumprir mais oito meses de punição e ficou de fora da Copa e sem contrato com o Flamengo

Por Da redação Atualizado em 28 set 2021, 20h54 - Publicado em 14 Maio 2018, 14h05

Nesta segunda-feira, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) anunciou, na Suíça, que a pena do atacante peruano Paolo Guerrero foi ampliada para 14 meses de suspensão por doping. Segundo agências internacionais, a decisão é definitiva, não cabe recurso para a defesa do jogador, que vai ficar fora da Copa do Mundo e deve ter seu contrato encerrado com o Flamengo.

Guerrero foi pego no doping após o jogo entre Peru e Argentina, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa. O teste do atacante deu positivo para uma das principais substâncias presentes na cocaína. Em defesa, Guerrero afirmou que foi contaminado por um um chá que tomou no período. O TAS havia punido o peruano por seis meses, mas nesta segunda resolveu adicionar mais oito meses de suspensão para o atacante.

Após marcar um gol no último domingo, na derrota do Flamengo para a Chapecoense por 3 a 2, o peruano afirmou estar confiante na Justiça. “Não podem tirar minha felicidade de jogar futebol”, disse. Com a ampliação da pena, Guerrero pode ter feito o último jogo com a camisa do time carioca no último domingo, já que seu contrato tem duração até agosto deste ano e ele ainda precisa cumprir mais oito meses de suspensão.

Publicidade