Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Surto de Covid-19 no River Plate: morre motorista do ônibus da equipe

Clube argentino lamentou a morte de Gustavo Insúa, que permaneceu vários dias internado em estado grave

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 19h39 - Publicado em 26 Maio 2021, 15h40

Gustavo Insúa, motorista do ônibus do River Plate, morreu, vítima do surto de Covid-19 que acometeu boa parte da equipe argentina. A notícia foi confirmada nesta quarta-feira, 26, pelo clube de Buenos Aires, que desejou condolências aos familiares e amigos de Insúa, pelas redes sociais.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Segundo o portal Tyc Sports, a família do profissional relatou que, no dia 13 de maio, Gustavo, que era funcionário da empresa Vía Bariloche, buscou a delegação após volta da Colômbia, onde o time havia enfrentado o Junior Barranquilla. Previamente, no dia último dia 2, o funcionário teve contanto com a equipe, após partida contra o Banfield.

Dias depois, assim como dezenas de funcionários do River Plate, o motorista testou positivo para a Covid-19. No último dia 22, Insúa foi hospitalizado em Buenos Aires. A equipe médica relatou forte piora e Gustavo não resistiu.

Na última semana, pela grande quantidade de infectados, o River Plate teve prejuízos esportivos, pois precisou atuar contra o Santa Fe sem reservas e com o volante Enzo Pérez no gol.

A Argentina vive um dos momentos mais críticos da pandemia no país. Com média próxima a 500 óbitos por dia, o país vizinho já acumulou 75.000 vidas perdidas para o vírus.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade