Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Sem Neymar, Brasil apenas empata com o Equador pela Copa América

Militão abriu o placar para a seleção brasileira e Ángel Mena empatou para os equatorianos; brasileiros esperam Uruguai ou Chile nas quartas do torneio

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 19h05 - Publicado em 27 jun 2021, 19h56

Sem Neymar, poupado pelo técnico Tite, e com time alternativo, o Brasil ficou no empate por 1 a 1 com o Equador, pela última rodada da fase de grupos da Copa América, no estádio Olímpico, em Goiânia, neste domingo, 27. A seleção brasileira abriu o placar com Éder Militão e os equatorianos empataram com Ángel Mena.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Agora, a seleção brasileira, líder do grupo B, com 10 pontos, aguarda a definição de quem será o seu adversário nas quartas de final, que será no dia 2 de julho, no Engenhão, no Rio de Janeiro, contra o quarto colocado no grupo A: Uruguai ou Chile. Os chilenos, com 5 pontos, já entraram em campo em todas as partidas da fase inicial e os uruguaios, com 4 pontos, encaram o Paraguai, nesta segunda-feira, 28, às 21h (de Brasília), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Os equatorianos avançam, com 3 pontos, na quarta posição.

Na partida, o Brasil abriu o placar aos 36 minutos do primeiro tempo. Everton Cebolinha cobrou falta, pelo lado direito do campo, a bola passou por Marquinhos e sobrou para Éder Militão, que subiu mais do que três marcadores e cabeceou firme no ângulo do goleiro Hernán Galíndez, que nada conseguiu fazer.

O Equador empatou já aos 7 minutos da etapa final. O Brasil não conseguiu afastar um cruzamento que partiu do escanteio e a bola ficou viva na área. Enner Valencia desviou de cabeça e Ángel Mena, livre pelas costas da defesa brasileira, finalizou firme para vencer Alisson.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Na outra partida do grupo B, também neste domingo e no mesmo horário, o Peru venceu a Venezuela por 1 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O único gol da partida foi anotado por André Carrillo. Os peruanos, com 7 pontos, avançam na vice-liderança do grupo B, enquanto os venezuelanos foram eliminados na fase inicial, com apenas 2 pontos somados.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade