CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Seleção volta a Moscou, onde fez jogo mais gelado de sua história

Em 2006, Brasil venceu Rússia por 1 a 0, com gol de Ronaldo, a – 17 °C. No amistoso desta sexta, temperatura deve variar entre -1ºC a -10ºC

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 28 set 2021, 22h09 - Publicado em 20 mar 2018, 10h29

A seleção brasileira está de volta à Rússia 12 anos depois de ter disputado em Moscou a partida sob a temperatura mais baixa em seus mais de 100 anos de história. No dia 1.º de março de 2006, o Brasil jogou a – 17 °C e venceu a seleção russa por 1 a 0, no Lokomotiv Stadium, com gol de Ronaldo aos 14 minutos do primeiro tempo. Foi o confronto mais gelado da história da seleção, de acordo com os registros da CBF.

Na época, os jogadores reclamaram muito das condições climáticas e alguns, como o lateral-direito Cicinho, admitiram que atuaram com medo de se contundir por causa do frio intenso. Os atletas que ficaram na reserva passaram a partida enrolados a cobertores.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

O meia Zé Roberto, então jogador do Bayern de Munique, foi o único brasileiro que iniciou a partida sem luvas. Depois de 15 minutos, no entanto, ele mudou de ideia. O técnico era Carlos Alberto Parreira. Nesta sexta-feira, o Brasil enfrenta a Rússia no estádio Luzhniki, às 13h (de Brasília) e a previsão é a de que a temperatura varie entre -1ºC a -10ºC. No dia 27, enfrenta a Alemanha, em Berlim, às 15h45. 

Confira, abaixo, lances do jogo de 2006, em que Ronaldo marcou (com o braço) após chute de longe de Roberto Carlos:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês