ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Seleção da Euro tem domínio italiano e Cristiano Ronaldo fora

Artilheiro da competição, craque português acabou preterido; Donnarumma, Bonucci, Spinazzola, Jorginho e Chiesa foram os escolhidos da campeã Itália

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 18h51 - Publicado em 13 jul 2021, 09h59

A Uefa anunciou nesta terça-feira, 13, a seleção da Eurocopa, vencida no último domingo, 11, pela Itália diante da Inglaterra, em Wembley, após decisão por pênaltis. Entre os finalistas, amplo domínio: cinco italianos e três ingleses. A ausência mais sentida foi a do atacante português Cristiano Ronaldo, artilheiro da competição com cinco gols ao lado do checo Patrick Schick.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Da Azzurra, foram escolhidos o goleiro Gianluigi Donnarumma, eleito o melhor jogador da competição, o zagueiro Leonardo Bonucci, autor do gol de empate na decisão, o lateral Leonardo Spinazzola, o volante brasileiro naturalizado Jorginho e o atacante Federico Chiesa.

Entre os ingleses, o lateral Kyle Walker, o zagueiro Harry Maguire e o atacante Raheem Sterling, um dos candidatos a melhor jogador da competição até a decisão. O camisa 10 foi o autor dos dois gols da seleção durante a primeira fase e decisivo em momentos cruciais nos mata-matas.

Completam a lista os meio-campistas Pierre-Emile Højbjerg, da Dinamarca e Pedri, de apenas 18 anos, da Espanha, além do atacante Romelu Lukaku, da Bélgica, eliminada justamente para os italianos nas quartas de final.

Campeão na última edição, Ronaldo marcou cinco dos sete gols de Portugal, que sucumbiu com campanha modesta. A seleção se classificou para as oitavas de final como uma das terceiras melhores colocadas e só consolidou a única vitória no torneio, diante da Hungria, nos minutos finais do segundo tempo, em 15 de junho. Nas oitavas, acabou eliminada para a Bélgica.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade