Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Seleção brasileira chega aos EUA preocupada com furacão – e com Neymar

Sem jogar há quase três meses, atacante se apresentou ao time, que teve de alterar programação em Miami por causa da aproximação do Dorian

Por Da Redação Atualizado em 27 set 2021, 13h46 - Publicado em 2 set 2019, 16h51

A seleção brasileira desembarcou nas últimas horas nos Estados Unidos, onde fará seus dois primeiros amistosos depois do título da conquista da Copa América. O avanço do furacão Dorian, que deve passar ao norte de Miami, onde o time passará a semana, já causou os primeiros obstáculos de logística. Outra preocupação do técnico Tite diz respeito à forma física de seu jogador mais badalado. Neymar, que se apresentou nesta segunda-feira, 2, não atua em uma partida há quase três meses.

A comissão técnica, que conta com a estreia do novo coordenador de seleções, Juninho Paulista, se reuniu em Miami ainda no domingo, 1º, para discutir como seria a semana. Os treinamentos seriam na Universidade Barry de segunda até quarta-feira, mas como o local foi fechado por causa da aproximação do furacão Dorian, houve uma mudança de planos.

Discutiu-se a possibilidade de a equipe treinar até mesmo em Washington ou Houston e voltar para a Flórida apenas no dia de enfrentar a Colômbia, mas, ao menos nesta segunda-feira, a primeira atividade do grupo foi transferida para o centro de treinamento do Miami Dolphins.

Neymar de volta

O camisa 10 retornou à equipe nacional em maio à sua frustrada tentativa de deixar o Paris Saint-Germain. Mesmo sem atuar desde o dia 5 de junho, quando sofreu a lesão ligamentar no tornozelo direito que o tirou da Copa América, Neymar voltou a ser convocado e foi o décimo jogador a se juntar ao grupo, depois de Thiago Silva, Ederson, Roberto Firmino, Fabinho, Weverton, Bruno Henrique, Daniel Alves, Jorge e Ivan.

Neymar chegou sozinho ao hotel em que a seleção está hospedada e parou para tirar fotos com alguns fãs no saguão. Devido à sua longa inatividade – ficou apenas treinando no PSG enquanto negociava, sem sucesso, com Real Madrid e Barcelona –  existe a expectativa sobre quanto tempo ele terá em campo nos amistosos.

Brasil e Colômbia se enfrentam no Hard Rock Stadium nesta sexta-feira, 6, às 21h30 (de Brasília). Depois deste amistoso, a seleção segue rumo a Los Angeles, na Califórnia, onde jogará contra o Peru, no dia 10, no estádio LA Coliseum. A equipe de Tite ainda joga mais quatro amistosos até o final deste ano – dois em outubro e mais dois em novembro.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade