Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

São Paulo anuncia a demissão do técnico Crespo

Clube anunciou o rompimento "em comum acordo". Treinador argentino assumiu o time em janeiro e conquistou o título paulista

Por Da Redação Atualizado em 13 out 2021, 16h19 - Publicado em 13 out 2021, 15h59

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 13, a demissão do técnico Hernán Crespo após oito meses. O ex-atacante argentino deixa o clube com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas em 53 partidas e um título conquistado, o Paulistão, encerrando um jejum de títulos do clube que já durava nove anos.

Crespo, de 46 anos, não suportou os reflexos da pressão após um empate sem gols diante do Cuiabá, na última segunda, 11, a quinta partida consecutivas sem vitórias da equipe do Morumbi.

Após a conquista do Estadual, o time caiu de rendimento e foi eliminado da Copa do Brasil pelo Fortaleza e da Libertadores diante do rival Palmeiras, ambos nas quartas de final. Atualmente, o São Paulo ocupa a 13ª colocação do Brasileirão, com 30 pontos.

De acordo com o São Paulo, a saída se deu “em comum acordo”, termo que tem sido constantemente usado em rescisões como forma de “driblar” a nova regulamentação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sobre troca de treinadores.

  • O clube informou que também deixaram o clube toda a comissão do técnico argentino: Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho).

    Continua após a publicidade

    Uma nova regra da CBF que estreou em em 2021 estabeleceu um limite de apenas uma demissão e uma contratação de treinador por equipe – no caso de uma segunda demissão, deve-se efetivar um profissional já empregado na agremiação. O mesmo vale para os técnicos, que só podem pedir demissão uma vez. A norma, no entanto, não vale para casos de desligamento “em comum acordo”, nos quais não é necessário pagar multa rescisória. De qualquer forma, por já ter iniciado o torneio com Crespo, o São Paulo poderia contratar um novo técnico.

    Confira, abaixo, a nota do São Paulo:

    O São Paulo Futebol Clube informa que Hernán Crespo deixa o comando técnico da equipe nesta quarta-feira (13). A decisão foi tomada em comum acordo após conversa entre o treinador e a diretoria do Tricolor. Também deixam o Clube Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho), que chegaram ao Tricolor junto com o treinador.

    Ao longo de oito meses, Crespo dirigiu a equipe na conquista do Campeonato Paulista e trabalhou em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, aproveitamento de 57,23% dos pontos. O time ainda foi comandado em outros quatro jogos pelo auxiliar Juan Branda, quando o argentino se recuperava de Covid-19.

    O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores, e pela conquista do título do Estadual, triunfo esse que não era obtido desde 2005. De imediato, o Clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador.

    Continua após a publicidade
    Publicidade