CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Santos e atletas defendem criança hostilizada por pedir camisa a rival

Em mais um episódio lamentável do futebol nacional, Bruninho, de 9 anos, teve de se desculpar por ter pedido o uniforme de Jaílson, do Palmeiras

Por Da Redação Atualizado em 9 nov 2021, 20h13 - Publicado em 9 nov 2021, 16h23

Bruno do Nascimento, um torcedor do Santos de apenas nove anos, se viu envolvido nos últimos dias em um episódio lamentável. Logo após a derrota do time da casa diante do Palmeiras, no último domingo, 7, na Vila Belmiro, o garoto pediu e recebeu de presente uma camisa do goleiro palmeirense Jaílson. Em seguida, Bruninho foi hostilizado por parte da torcida santista. A covardia contra uma criança foi repudiada pelo próprio Santos e por jogadores de futebol.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Assustado com a ira irracional da qual vítima tanto no estádio quanto nas redes sociais, Bruninho gravou um vídeo pedindo desculpas pelo ocorrido e jurando seu amor ao Santos (já demonstrado em diversos posts em suas redes sociais). Ele ainda disse que devolveria a camisa depois de ter sido xingado.

“Desculpa se alguém se ofendeu porque eu peguei a camisa do Jaílson, é que eu gosto muito dele. E também gosto do Weverton, que é da seleção brasileira. Eu não sou palmeirense. Eu fui em todos os jogos de 2019. E agora estou tentando recuperar esse tempo que não fui na Vila. Eu não sou palmeirense, eu sou santista. Eu sempre apoiei muito o Santos, nos momentos mais difíceis. Sempre estive junto com o Santos”, disse o garoto.

O Santos intercedeu e convidou o garoto para assistir ao jogo contra o Red Bull Bragantino, na próxima quarta-feira, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro. “O Santos FC já entrou em contato com Moises, o pai do Bruno do Nascimento, para minimizar o impacto dos transtornos causados por poucos torcedores exaltados no final do jogo com o Palmeiras. Para manter sua paixão pelo Peixe, Bruninho foi convidado para assistir ao jogo com o Red Bull Bragantino, nesta quarta-feira na Vila Belmiro, desta vez no camarote. O Clube não compactua com qualquer tipo de violência e se solidariza com a criança, que é um dos mais novos Meninos da Vila, conhecido pelo elenco, por sempre estar apoiando o time no portão do CT Rei Pelé.”

Continua após a publicidade

Recentemente, Bruninho já havia ganhado de presenta uma camisa de Muriel, goleiro do Fluminense, após ´partida na Vila Belmiro. O clube carioca também se posicionou a favor do garoto. “Tamo junto, Bruninho! Você é um exemplo de amor ao futebol. Ficamos felizes de ver sua alegria com a armadura que ganhou do Muriel. O Santos tem muita sorte de ter você na torcida. Muita força e saudações tricolores.”

Jogadores de futebol também saíram em defesa do garoto. Gabriel Barbosa, o Gabigol, cria do Santos e atualmente no Flamengo. “Bruninho, vou te mandar minha camisa. Você pode torcer para quem você quiser. O amor pelo futebol pode ser maior do que qualquer rivalidade. Que essa inocência e amor puro das crianças sempre prevaleçam entre nós!!”, escreveu o artilheiro rubro-negro. 

O atacante Diego Tardelli, do Santos, que recentemente também foi vítima da violência de alguns torcedores, também prestou solidariedade. “Meu amiguinho Bruninho, fica em paz e segue seu coração, infelizmente o MUNDO vai mal. Te espero amanhã”, escreveu.

Post de Diego Tardelli
Post de Diego Tardelli Instagram/Reprodução

Mais tarde, Neymar, outro ex-“menino da Vila” exaltou a postura do garoto. “Bruninho, você é gigante, menino. Que personalidade de fazer esse vídeo, coisa que nenhum babaca que te xingou tem coragem”, escreveu o craque do PSG e da seleção brasileira. “Onde vamos parar? É uma criança, uma criança que é fã do rival, qual o problema nisso?”, questionou Neymar.

Neymar fez post de apoio a Bruninho
Neymar fez post de apoio a Bruninho Instagram/Reprodução

Por fim, ninguém menos que Pelé, o ídolo máximo do clube, também prestou solidariedade a Bruninho ao repostar uma imagem na qual aparece ao lado de Vavá, seu parceiro de seleção e então jogador do Palmeiras. “Bruninho, você não precisa pedir desculpas por ser apaixonado por futebol. O nosso esporte é lindo, mas seria melhor se todos torcedores tivessem o seu coração. Como pode ver na foto, eu também tinha um ídolo que jogava no Palmeiras, viu? Seja sempre feliz!”, escreveu o Rei. 

View this post on Instagram

A post shared by Pelé (@pele)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês