ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Ronaldinho Gaúcho: ‘Foi uma surpresa ver Messi no PSG’

Após rever o amigo argentino em Paris, ídolo do clube ainda evitou comparações com Neymar e disse que Mbappé vencerá a Bola de Ouro "um dia"

Por da Redação 22 out 2021, 18h14

Ronaldinho Gaúcho retornou ao Parque dos Príncipes nesta semana, agora na figura de ex-jogador e convidado de honra do Paris Saint-Germain, e pôde assistir a uma atuação de gala de um velho amigo, seu antigo pupilo no Barcelona, Lionel Messi. Os dois se abraçaram em campo, pouco antes da vitória por 3 a 2 sobre o RB Leipzig, pela Liga dos Campeões, com um gol de cavadinha do argentino, na última terça 19. Em entrevista ao jornal local Le Parisien, Ronaldinho admitiu que, de início, estranhou a ida de Messi para o PSG.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 14,90/mês

“Estou muito feliz de vê-lo no clube em que comecei na Europa. É algo que não pensei que aconteceria, estava certo de que ele terminaria sua carreira no Barcelona. Para mim, foi uma surpresa. Como gosto do PSG, foi uma surpresa boa, mas nunca pensei vê-lo com outra camisa que não fosse do Barcelona”, disse Ronaldinho, que fez o caminho inverso: se transferiu do Grêmio para o PSG em 2001 e, dois anos depois, se mudou para o Camp Nou.

Ronaldinho recordou os primeiros contatos com Messi, seu herdeiro da camisa 10. “Quando eu cheguei ao Barcelona, se falava de um jovem fantástico. E, depois, quando treinamos juntos, vi a sua qualidade. Em cada partida e em cada treinamento, vimos que era diferente. Foi um prazer vê-lo fazer isso. Se converteu em um verdadeiro amigo para mim”.

Na mesma entrevista, Ronaldinho desconversou sobre o atual momento de Neymar, dono da 10 do PSG e da seleção brasileira. “Não gosto das comparações. Cada um tem o seu próprio momento. Todos temos passamos por momentos complicados. Mas acredito que todos no Brasil sabem que é o melhor jogador neste momento. Só que, quando as coisas não vão bem, é mais difícil para ele. Porque é o maior. Quando as coisas não vão bem, há muito mais pressão sobre ele”.

Político, Ronaldinho não quis apostar em quem vencerá a Bola de Ouro deste ano, mas fez elogios a Kylian Mbappé, a estrela francesa do PSG. “Acredito que um dia Mbappé será Bola de Ouro. É muito jovem, mas já tem uma grande carreira. Não tenho favorito para este ano”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade