CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Rildo ficará suspenso até retorno de João Paulo aos treinos

Jogador do Vasco fraturou a perna do colega João Paulo, do Botafogo, em lance durante partida no dia 18. Prazo máximo de punição é de 180 dias

Por Da redação Atualizado em 28 set 2021, 21h56 - Publicado em 26 mar 2018, 20h48

O atacante Rildo do Vasco foi julgado e condenado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) a cumprir suspensão até que João Paulo, do Botafogo, lesionado por ele no clássico pelo Campeonato Carioca disputado no dia 18, volte a treinar. O prazo máximo da suspensão é de 180 dias.

No jogo, João Paulo foi atingido por uma solada do atacante Rildo em sua canela e fraturou a tíbia e a fíbula. O botafoguense deixou o campo chorando e foi encaminhado a um hospital. No dia seguinte à lesão, passou por uma operação para corrigir as fraturas. Não há prazo para seu retorno, mas a estimativa é de que fique afastado por, no mínimo, quatro meses.

Pelo lance, Rildo recebeu apenas cartão amarelo do árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro. Ao receber as imagens, o TJD-RJ denunciou o vascaíno, que não joga desde o dia 18 por uma luxação no ombro esquerdo. A estimativa é de que tenha condições de jogar daqui três semanas. O Vasco vai recorrer da decisão em segunda instância.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App