ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Renato Gaúcho diz estar ‘vacinado’ com vaias e minimiza coro por J. Jesus

Visivelmente abatido, técnico fugiu de embates em questionamentos incômodos e normalizou reações dos torcedores após a eliminação na Copa do Brasil

Por Da Redação Atualizado em 28 out 2021, 09h49 - Publicado em 28 out 2021, 09h44

Visivelmente abatido, o técnico Renato Gaúcho ouviu logo na primeira pergunta da entrevista coletiva após a derrota por 3 a 0 para o Athletico Parananense, que eliminou o Flamengo da Copa do Brasil, um questionamento sobre o peso da frase dita enquanto treinador do Grêmio de que era “obrigação fazer um time de 200 milhões de reais jogar”. Renato se esquivou e evitou durante os pouco mais de 11 minutos que permaneceu na sala de imprensa do Maracanã um embate direto com jornalistas diante de perguntas incômodas.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 14,90/mês

“Quando fui contratado, estávamos em três competições, agora saímos da Copa do Brasil. Estou chateado, triste, o objetivo era a final. Temos possibilidades no Campeonato Brasileiro e estamos na final da Conmebol Libertadores”, disse, sem mencionar diretamente o assunto que seria novamente repetido por jornalistas: “você se arrepende de ter dito isso na época?”.

“O elenco é muito forte, muito bom, então todo treinador gosta de ter um elenco desses. Mesmo com elenco bom, não vamos ter sucesso 100%. O próprio Jorge Jesus este aqui e perdeu, saiu da Copa do Brasil e depois ganhou Libertadores e Brasileiro. Estamos sempre expostos às cobranças e sabemos que no nosso futebol, quando não saem os resultados que se espera, a cobrança é muito grande”, explicou.

Principal alvo de xingamentos e manifestações de torcedores do clube carioca, Renato buscou palavras para explicar uma desclassificação inesperada após um empate por 2 a 2 na partida de ida, em Curitiba, mas encontrou dificuldades. O técnico ainda ouviu gritos de apoio a Jorge Jesus, treinador português do Benfica e ídolo do clube pela conquista de cinco títulos em um ano.

“Coisa super normal no momento em que você trabalha num clube grande, o último treinador teve sucesso e outros não tiveram tanto quanto ele. Então, o torcedor sempre vai lembrar do último treinador que venceu. Faz parte da nossa profissão, não vamos ganhar todas. Ele (Jorge Jesus) ganhou merecidamente títulos importantes. Mas com relação a isso (as vaias) já estou vacinado, não só aqui, mas em todos os clubes. Principalmente em um clube grande como o Flamengo”, minimizou.

“[As vaias] são justas porque num clube grande como o Flamengo, no momento em que você não consegue os resultados que o torcedor quer, é normal as cobranças virem. Se tem algum culpado, sou eu. E as cobranças sempre vão existir em cima dos treinadores porque o torcedor é movido pela paixão”, completou.

Renato se transformou no alvo preferido de torcedores nas redes sociais com memes e nova enxurrada de críticas. O próprio Athletico Paranaense, ao fim da partida, publicou em seu Twitter: “hoje a grama sintética fez diferença de novo”, em resposta a fala do treinador que culpou a atuação pouco inspirada da equipe, em Curitiba, ao fato do gramado da Arena da Baixada ser de grama sintética.

O Flamengo perdeu com a derrota a chance de buscar o seu quarto título da Copa do Brasil e garantir milionária premiação. Segundo Renato, ainda é possível acreditar na conquista do Campeonato Brasileiro, mesmo a 13 pontos diferença do líder Atlético Mineiro, contra quem joga já no fim de semana, no Maracanã.

“Temos chances no Brasileiro. Lógico que as chances são remotas, mas ainda temos. A partir de amanhã é virar a página e pensar no Atlético-MG e no Brasileiro. Enquanto tivermos chances, vamos brigar. E enquanto isso vamos ajeitando o time para a Libertadores”, concluiu.

A decisão da Libertadores acontecerá no próximo dia 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu. O Flamengo tem pouco menos de um mês para apresentar evolução e conquistar novamente a competição sul-americana.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade