ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Real Madrid diz que vai processar La Liga e tensão aumenta

Após venda de porcentagem do Campeonato Espanhol para fundo de investimento, clube afirmou que a briga com a organização será judicial

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h55 - Publicado em 10 ago 2021, 13h45

O clima entre Real Madrid e La Liga, responsável pela organização do Campeonato Espanhol, já não é pacífico desde a grande participação do clube madrilenho na criação da Superliga Europeia, grupo de 12 clubes que pretendia fazer oposição a da Liga dos Campeões da Europa, organizada pela Uefa. Porém, nesta terça-feira, 10, a tensão entre as partes aumentou após a liga vender 11% dos direitos para o fundo de investimento CVC Capital Partners, por 2,7 bilhões de euros (16,4 milhões de reais).

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Descontente com a situação, o Real oficializou que entrará na justiça contra Javier Tebas, presidente de La Liga, e Jaime Guijarro, nome forte do fundo de investimento que negociou direitos comerciais do campeonato. Em contra-ataque, o presidente da liga respondeu atacante Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, via Twitter:

“O método ameaçador que FP (Florentino Pérez) vem usando em privado há anos está agora passando para o público. Clubes e instituições têm apoiado suas ameaças há anos. Desde 2015 contra a venda centralizada, os constantes desafios dos convênios, a Superliga… O Real Madrid merece mais”, publicou Tebas.

Além do time da capital espanhola, o Barcelona também demonstrou insatisfação com a decisão que envolve a gestão da competição. Pela primeira vez na história, uma liga de futebol europeia vendeu porcentagem para grupos de investimento.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade