CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Quem são os brasileiros sub-20 para ficar de olho em 2022

Dentro e fora do país, atletas do Brasil nascidos em 2002 podem estourar na próxima temporada

Por Da Redação Atualizado em 23 dez 2021, 12h17 - Publicado em 23 dez 2021, 11h53

Historicamente, jovens jogadores brasileiros chamam a atenção de todo o mundo. Atletas surgem com frequência e atraem olhares de torcedores, que visualizam um futuro vitorioso no clube e na seleção. Nas categorias de base sub-20, os maiores valores comumente são levados ao profissional e recebem as primeiras chances no time principal.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

PLACAR selecionou sete jogadores brasileiros com idade igual ou inferior a 20 anos no ano de 2022 que podem estourar a qualquer momento.

Confira quem são os brasileiros sub-20 para ficar de olho em 2022:

Bruno Praxedes – Red Bull Bragantino

Bruno Praxedes é o jogador mais caro da hisdo Red Bull Bragantino
Praxedes é o jogador mais caro da história do Bragantino – Instagram/Reprodução

Revelado pelo Internacional e profissionalizado no início de 2020, Bruno Praxedes está a pequenos passos de virar realidade. Aos 19 anos, o meia foi vendido para o Red Bull Bragantino, em junho de 2021, e se tornou a contratação mais cara do clube paulista, custando 36 milhões de reais.

Rosto conhecido da seleção brasileira sub-20, o jogador reúne atributos do futebol moderno. Alto, ágil e habilidoso, Praxedes é um meio-campista canhoto que também lembra o clássico armador, mas participa ativamente de todas as fases de criação. Na temporada 2021, fez 45 jogos, quatro gols e cinco assistências.

Kaio Jorge ainda não marcou pelo profissional da Juventus
Kaio Jorge ainda não marcou pelo profissional da Juventus – Instagram/Reprodução

Kaio Jorge – Juventus

Atacante veloz, bom com a bola no pé e com características que vão além de balançar a rede. Kaio Jorge foge do ideal de “camisa 9” e o relativo baixo número de gols marcados é o resultado disso. Nascido em 2002, o jogador foi formado nas categorias de base e revelado também pelo time do litoral paulista.

Muito precoce, chegou a estrear profissionalmente em 2018, ano em que completou 16 anos, mas passou a receber mais chances no início de 2020. Após isso, ganhou espaço no Santos e foi importante no vice-campeonato da Libertadores de 2020. Contudo, após desentendimentos na renovação do contrato, saiu sem boa relação com o clube, para a Juventus, da Itália. No time de Turim, Kaio Jorge não vem recebendo muitas chances e completou pouco mais de 100 minutos em campo.

Kayky, formado pelo Fluminense, foi comprado pelo City -
Kayky, formado pelo Fluminense, foi comprado pelo City – Instagram/Reprodução

Kayky – Manchester City

Quando Kayky nasceu, a seleção brasileira já era pentacampeã da Copa do Mundo. De 2003, o atacante que joga pelos lados encantou o Manchester City de Pep Guardiola, após brilhar nas categorias de base do Fluminense. A transferência, que custou 10 milhões de euros (64 milhões de reais) aconteceu quando o jogador ainda era menor de idade e, por isso, foi concretizada apenas em setembro de 2021.

Driblador e veloz pelos lados do campo, Kayky é o famoso “ponta”. Extremamente jovem, o atleta já realizou boas atuações no Campeonato Inglês sub-23, com dois gols e duas assistências, em seis partidas. Em 2022, o brasileiro pode galgar espaço no elenco principal da potência europeia.

Continua após a publicidade

Gabriel Pirani, 19 anos, vestiu a histórica camisa 10 do Santos
Gabriel Pirani, 19 anos, vestiu a histórica camisa 10 do Santos – Instagram/Reprodução

Gabriel Pirani – Santos

Lapidado na maior fábrica de talentos do Brasil, o Santos, Gabriel Pirani é um nome para se guardar. Com 19 anos, o meia se consolidou na equipe da baixada e fez 60 partidas na temporada 2021. Referência técnica de seu time, o jogador já recebeu sondagens do exterior, como do ucraniano Shakhtar Donetsk, mas tem contrato com o Peixe até o fim de 2025.

No Campeonato Brasileiro de 2021, foi essencial na arrancada do Santos contra o rebaixamento, atuando com mais frequência partindo do lado esquerdo de campo. Muito jovem, já vestiu a histórica camisa 10 do Peixe, durante a Copa Sul-Americana.

Matheus Cadorini é campeão brasileiro sub-20
Matheus Cadorini é campeão brasileiro sub-20 – Instagram/Reprodução

Matheus Cadorini – Internacional

Também da “geração 2002”, Matheus Cadorini pode render muitos frutos para o Internacional. Das categorias do Osasco Audax, clube da região metropolitana de São Paulo, o atacante foi emprestado ao colorado em 2020. Artilheiro da equipe na campanha vencedora do Campeonato Brasileiro sub-20, com nove gols, foi contratado em definitivo pelo clube gaúcho.

Durante o ano, impressionou a comissão técnica do elenco principal e recebeu chances no profissional. Cadorini ainda balançou a rede duas vezes, em apenas 234 minutos em campo. Centroavante de imponência física e velocidade para vencer zagueiros, pode explodir em 2022 com a camisa colorada de Porto Alegre.

Matheus Nascimento foi rebaixado com o Botafogo, quando tinha 16 anos
Matheus Nascimento foi rebaixado com o Botafogo, quando tinha 16 anos Instagram/Reprodução

Matheus Nascimento – Botafogo

“Muita calma”, esta é a orientação do Botafogo com Matheus Nascimento. Apontado pelo The Guardian, da Inglaterra, como um dos 60 principais jogadores do mundo nascidos em 2004, o jogador não pode sequer tirar a CNH (carteira nacional de habilitação) mas já é visto como esperança por muitos botafoguenses.

Em 2020, quando tinha apenas 16 anos, foi rebaixado com o Botafogo para a segunda divisão, mas foi um dos poucos pontos positivos daquele time. Para 2022, ano em que completará 18 anos, tem a chance de se firmar no time principal do atual campeão da Série B. Visado pelo futebol europeu, não deve deixar o Brasil por menos de 25 milhões de euros, segundo a diretoria do clube carioca.

Gabriel Silva foi o artilheiro do Brasileirão sub-20 -
Gabriel Silva foi o artilheiro do Brasileirão sub-20 – Instagram/Reprodução

Gabriel Silva – Palmeiras

Artilheiro do Campeonato Brasileiro sub-20, Gabriel Silva, de 19 anos, pode ser um dos principais nomes do futuro palmeirense. Sem muitas chances no badalado elenco bicampeão da América, chegou a ser profissionalizado e já defendeu a equipe principal em 27 ocasiões, mas foi reintegrado às categorias de base.

No ano de 2021, pelo sub-20, balançou a rede 25 vezes em 29 jogos, além de anotar cinco assistências. Porém, as contratações do Palmeiras não indicam aproveitamento da joia da base em jogos mais importantes temporada 2022. De qualquer forma, Gabriel pode agarrar qualquer chance e, por ser nascido em 2002, tem mais um ano para ser lapidado na base do clube paulista.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN! 

Continua após a publicidade

Publicidade