CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Quem é Matías Viña, o primeiro reforço do Palmeiras em 2020

Melhor jogador do último Campeonato Uruguaio, o lateral-esquerdo de 22 anos assinou contrato até 2024

Por Alexandre Senechal Atualizado em 27 set 2021, 11h18 - Publicado em 31 jan 2020, 16h36

O Palmeiras anunciou o seu primeiro reforço para 2020: o lateral-esquerdo Matías Viña, de 22 anos, fechou contrato até dezembro de 2024 e chega para ser o titular da posição. O clube divulgou a contratação do uruguaio junto ao Nacional-URU na tarde desta sexta-feira, 31, pelas suas redes sociais e postou um vídeo com os melhores lances do jogador.

Viña surgiu nas categorias de base do Nacional em 2015 e virou profissional dois anos depois. Como titular da seleção sub-20 do país, jogou 27 partidas e, apesar de ser um defensor, marcou quatro gols. Foi um dos destaques na conquista do Sul-Americano Sub-20, um título que os uruguaios não conquistavam havia 36 anos, e também esteve no Mundial da categoria, em que a equipe terminou na quarta colocação. Como profissional, teve grande destaque na última temporada, na qual foi campeão uruguaio e, de quebra, eleito o melhor jogador da competição, fato raro para um defensor. Chegou à seleção principal e foi titular em quatro das últimas seis partidas. Deu uma assistência para um gol de Edinson Cavani no amistoso contra a Argentina.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

A imprensa especializada do Uruguai tem dúvidas se ele é um lateral que ataca ou um atacante que defende, tamanha sua capacidade para chegar à frente. Viña não se preocupa apenas em ir à linha de fundo, mas também costuma entrar na diagonal para marcar gols. A velocidade e a sua leitura de jogo são consideradas suas principais qualidades, enquanto a recomposição defensiva é o ponto fraco.

A transferência de Viña era dada como certa até esta sexta-feira, o último dia da janela para os clubes das principais ligas da Europa. O Palmeiras tinha a concorrência do Milan no negócio, mas ganhou a queda de braço. Os italianos queriam o empréstimo por 1,8 milhão de euros (8,5 milhões de reais).

De acordo com a imprensa do uruguaia, o negócio estava quase fechado, até que o Palmeiras decidiu fazer uma proposta final de 5,5 milhões de euros (26 milhões de reais). Por ser uma transferência definitiva e não correr o risco do jogador não se firmar na Europa e voltar desvalorizado, o Nacional decidiu fechar acordo com o clube alviverde.

Viña chega, Matheus Fernandes sai

Se o Palmeiras conseguiu seu primeiro reforço, também teve uma baixa. O Barcelona confirmou a contratação do volante Matheus Fernandes, de 21 anos. Contratado junto ao Botafogo no ano passado, o jogador não teve muitas chances com Felipão e Mano Menezes e fez apenas 12 partidas com a camisa do clube, muitas delas vindas do banco de reservas.

Matheus Fernandes só irá para a Espanha no meio do ano. O Barcelona revelou que pagou 7 milhões de euros (33,2 milhões de reais) e pagará outros 3 milhões de euros (14,2 milhões de reais) caso o atleta cumpra metas pré-estabelecidas. O contrato será de cinco anos e a multa de 300 milhões de euros (1,4 bilhão de reais). O clube publicou uma ficha técnica do volante e elencou como suas principais qualidades a “juventude e a energia no meio-campo”.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade