CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Quando, onde e por quem será disputado o Mundial de Clubes de 2021

Campeão da Libertadores, Palmeiras brigará pelo título com Chelsea, Al Hilal, Al Ahly, Monterrey, As Pirae e Al Jazira, nos Emirados Árabes

Por Guilherme Azevedo Atualizado em 3 jan 2022, 08h41 - Publicado em 27 nov 2021, 19h43

O Palmeiras,campeão da Libertadores 2021, disputará o Mundial de Clubes da Fifa. O torneio acontecerá nos Emirados Árabes Unidos, de 3 a 12 de fevereiro e será disputado por Chelsea, Al Hilal, Al Ahly, Monterrey, AS Pirae e Al Jazira, além do campeão sul-americano.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Afetado pelas restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o torneio tradicionalmente disputado em dezembro de todo ano vai para o segundo ano consecutivo em outra data. A edição de 2020, vencida pelo Bayern de Munique, aconteceu entre o dia 4 e 11 de fevereiro deste ano, no Catar. Na ocasião, o Palmeiras ficou com a quarta colocação, após ser eliminado pelo Tigres, do México, na semifinal, e perder para o Al Ahly, do Egito, na disputa pelo terceiro lugar.

Inicialmente, a edição deste ano seria disputada entre os meses de junho e julho em um novo formato. Contudo, as condições impostas pela pandemia fizeram a Fifa adiar a ideia e manter por mais uma temporada o tradicional regulamento.

O calendário e a sede, da mesma forma, foram mudados. A data fugirá da tradicional e acontece entre 3 e 12 de fevereiro. O Japão, comum anfitrião da competição, anunciou desistência e os Emirados Árabes Unidos assumiram a organização. O último brasileiro campeão do Mundial de Clubes é o Corinthians, que venceu o título em 2012.

Formato de disputa

Como o regulamento continuou com o tradicional, sete times disputarão o torneio. Um representante de cada continente mais o campeão nacional do país-sede. Assim, o As Pirae time nomeado pela OFC (Federação de futebol da Oceania) enfrenta o Al Jazira, campeão dos Emirados em 2020/21, nos playoffs. O vencedor avança para as quartas de final para encarar o Al Hilal, time saudita campeão da Liga dos Campeões da Ásia. O Al Ahly, time egípcio campeão da Liga dos Campeões da África, disputa com o Monterrey, time mexicano campeão da Liga dos Campeões da América do Norte e Central.

Palmeiras e Chelsea entram já nas semifinais. Para irem à final, o time brasileiro precisará passar por Al Ahly ou Monterrey, enquanto os ingleses precisam bater Al Hilal, Al Jazira ou As Pirae. Os perdedores das quartas de final jogam a disputa pelo 5º lugar, enquanto os perdedores das semifinais se encontram na disputa pelo 3º lugar.

Os participantes

CHELSEA (Inglaterra)

Chelsea: campeão da Champions League
Chelsea: campeão da Champions League Phillipe Marcou/Getty Images

Campeão da Liga dos Campeões, o Chelsea de Thomas Tuchel chega como grande favorito para vencer o Mundial de Clubes. Em busca do primeiro título do mundo, tendo em vista que em 2012 o clube inglês ficou com o vice ao ser derrotado pelo Corinthians, os Blues vivem momento instável na temporada.

Contando com Jorginho e N’Golo Kanté no meio-campo, a equipe londrina conta com a segurança defensiva comandada pelo zagueiro brasileiro Thiago Silva e no ataque tem a força do belga Romelu Lukaku e do inglês Mason Mount.

Continua após a publicidade

AL HILAL (Arábia Saudita)

Al Hilal: campeão da Champions League da Ásia
Al Hilal: campeão da Champions League da Ásia Al Hilal/Divulgação

Carne de pescoço. Assim pode ser definido o time saudita. Com um elenco vasto, treinado pelo venezuelano Leonardo Jardim, ex-Monaco e Sporting, a equipe será um problema para qualquer adversário. Campeão da Liga dos Campeões da Ásia sobre o Pohang Steelers, da Coréia do Sul, o Al Hilal é o atual vencedor da Premier League saudita. Alguns jogadores bastante conhecidos no cenário mundial estão por lá. Titular da Copa do Mundo de 2018, o zagueiro sul-coreano Jang Hyun-soo é protegido pelo volante colombiano Gustavo Cuellar, ex-Flamengo. Na criação e no ataque, o Al Hilal conta com o brasileiro Matheus Pereira, formado pelo Sporting e adquirido recentemente junto ao West Brom por 18 milhões de euros (114 milhões de reais), Andre Carrillo, peruano titular da seleção por anos, Luciano Vietto, argentino com passagens por Villarreal e Atletico de Madri, Moussa Marega, atacante ex-Porto, e Bafétimbi Gomis, atacante francês com passagem pelo Lyon.

MONTERREY (México)

Monterrey: campeão da Champions League da Concacaf
Monterrey: campeão da Champions League da Concacaf Monterrey/Divulgação

Rumo à quinta participação no Mundial de Clubes, o Monterrey chega prometendo complicar para qualquer adversário. Campeão da Liga dos Campeões da Concacaf sobre o América no dia 28 de outubro, o time do nordeste mexicano nunca chegou a uma final da competição internacional. A equipe treinada por Javier Aguirre, que comandou a seleção mexicana em 2002 e 2010, tem um plantel experiente e valioso, liderado por Stefan Medina, colombiano presente nas convocações de seu país. Vestindo a 10, o atacante Duván Vergara é uma das boas opções ofensivas. Os mais badalados destaques são Carlos Rodriguez, jovem meio-campo, Maxiliano Meza, meia com passagens pela Argentina, Joel Campbell, costa-riquenho destaque da Copa do Mundo de 2014, Vincent Janssen, holandês ex-Tottenham, e Hector Moreno, defensor de três Copas pelo México.

AL AHLY (Egito)

Al Ahly: campeão da Champions League Africana
Al Ahly: campeão da Champions League Africana Al Ahly/Divulgação

Carrasco do Palmeiras na disputa pelo terceiro lugar do Mundial de 2020, o egípcio Al Ahly vai para a 7ª edição de Mundial. Sem um elenco tão caro, o time de Cairo aposta no trabalho do sul-africano Pitso Mosimane. Auxiliar da África do Sul no ciclo para a Copa do Mundo de 2010. O goleiro Moha El-Shenawy, de 32 anos, capitaneia a equipe e foi titular da Copa do Mundo de 2018 com a seleção egípcia. Afsha, meia habilidoso, também é do Egito e defende o time nacional. Jogador da seleção sul-africana, Percy Tau, atacante de 27 anos, chegou recentemente do Brighton, da Inglaterra, e é esperança de gols.

AL JAZIRA (Emirados Árabes Unidos)

Al Jazira: campeão emiradense
Al Jazira: campeão emiradense Al Jazira/Divulgação

Comandado por Marcel Keizer, holandês com passagem pelo Ajax, o Al Jazira é o atual campeão do Campeonato Emiradense de Futebol. Da cidade de Abu Dhabi, o time entra nos playoffs com grandes chances de se classificar às quartas de final. Com o atacante brasileiro Bruno, revelado pelo Novorizontino, o clube dos Emirados conta com um elenco experiente. Ali Mabkhout, desde 2008, e Khalfan Mubarak, desde 2012, são as peças principais no lado anímico do Jazira.

AS Pirae (Taiti)

O clube do Taiti foi convidado às pressas para participar do torneio no lugar do Auckland City, o campeão da Oceania, que desistiu em razão do agravamento dos casos de Covid-19 na Nova Zelândia. O AS Pirae é nove vezes campeão nacional e o atual quarto colocado da liga do Taiti. O clube chegou à grande final da Champions League da Oceania apenas uma vez, em 2006, quando foi derrotado pelo próprio Auckland CIty. 

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN! 

Continua após a publicidade

Publicidade