Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Pochettino elogia força mental e vê Neymar satisfeito em Paris

Técnico argentino lembra que brasileiro convive com pressões desde a infância e analisa camisa 10 motivado para conquistar a primeira Champions com o clube

Por Da Redação Atualizado em 14 out 2021, 11h42 - Publicado em 14 out 2021, 11h00

O técnico do Paris Saint-Germain, o argentino Maurício Pochettino, falou sobre o atual momento do atacante Neymar, que preocupou o mundo do futebol após dizer que a Copa de 2022 pode ser a última de sua carreira alegando não saber se terá condições “de cabeça, de aguentar mais futebol”. Em entrevista ao programa espanhol El Partidazo de COPE, ele mencionou a força mental do jogador e o avaliou como satisfeito no clube francês.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“O Neymar é um dos melhores jogadores do mundo, com 29 anos, que desde pequeno tem estado sob pressão para fazer grandes coisas no futebol. Tem incrível força mental, caráter e enorme sensibilidade. Não tenho dúvidas de que ele quer estar em Paris, mostrar sua coragem e dar ao clube aquela cobiçada Liga dos Campeões que ele tem procurado por tantos anos”, explicou.

“Neymar não é difícil de administrar. Eu o respeito muito. Posso dizer que Ney é uma pessoa muito sensível, muito carinhosa, sorridente, e não é difícil conviver com ele de jeito nenhum. Temos um ótimo relacionamento”, completou o argentino.

  • Continua após a publicidade
    Neymar em atuação pelo PSG nesta temporada -
    Neymar em atuação pelo PSG nesta temporada – Catherine Steenkeste/Getty Images

    Neymar voltará a entrar em campo nesta quinta, 14, pela seleção brasileira, diante do Uruguai, às 21h30, na Arena da Amazônia, em Manaus. Após cumprir suspensão contra a Venezuela, teve desempenho novamente questionado, contra a Colômbia. Na última convocação, foi alvo de criticas nas redes sociais direcionadas a sua atual forma física.

    A seleção passou a semana defendendo Neymar e desdobramentos em torno de seu principal jogador. Thiago Silva foi o primeiro ao lembrar das dificuldades que viveu após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, quando foi “tachado de chorão”, e avaliar como algo “pessoal” a pressão relacionada ao companheiro.

    No último trabalho, realizado na Arena da Amazônia, o pai do jogador assistiu das arquibancadas a atividade. Eles se abraçaram antes do início no treinamento. Recentemente, Neymar da Silva Santos saiu em defesa do filho após um áudio vazado em que supostamente o narrador Galvão Bueno, da TV Globo, chama o atacante do Paris Saint-Germain de idiota.

    Pochettino já havia blindado publicamente Neymar após a vitória por 2 a 1 do PSG sobre o Metz, pela sétima rodada do Campeonato Francês, em que o jogador deu um passe decisivo para gol. Na ocasião, mencionou ver uma cobrança exagerada sobre o atacante.

    O PSG volta a jogar na sexta, 15, diante do Angers, pela décima rodada da competição. A principal novidade nesta semana foi o retorno do zagueiro espanhol Sérgio Ramos as atividades no gramado, após se recuperar de lesão. Cogitava-se um retorno para a partida, mas a ideia foi vetada pelo treinador. A estreia ainda é uma incógnita.

    Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

    Continua após a publicidade
    Publicidade