CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Na mira do Palmeiras, Agustín Álvarez já foi carrasco do Corinthians

Atacante uruguaio tem apelido de "Canário", é promessa do Peñarol, tem passagens pela seleção e já deu entrevista a PLACAR

Por Da Redação Atualizado em 14 jan 2022, 16h57 - Publicado em 14 jan 2022, 14h36

Em busca de um centroavante, o Palmeiras terá que recorrer a um “plano B” após falhar em sua tentativa de contratar Lucas Alario, do Bayer Leverkusen, da Alemanha. O nome da vez é Agustín Álvarez, atacante uruguaio do Peñarol, segundo informação do UOL. Apelidado de “Canário”, por ser de Canelones, cidade com muitos descendentes de imigrantes das Ilhas Canárias, na Espanha, o atleta deu entrevista a PLACAR, em maio de 2021.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Aos 20 anos, o atacante é uma das maiores promessas do futebol sul-americano e marcou 24 gols em 44 jogos na última temporada. No ano passado, o jovem assinou contrato até 2024 com o Peñarol. Assim, o clube de Montevidéu deve exigir um alto valor do Palmeiras para a liberação.

Porém, o torcedor pode se animar com a possível contratação, ainda mais se for levado em conta o retrospecto de “Canário” contra o Corinthians, maior rival do Palmeiras. Pela Sul-Americana de 2021, ele marcou três vezes sobre o alvinegro e virou carrasco da equipe brasileira, que acabou eliminada da competição. Na ocasião, o atacante elogiou o goleiro Cássio e disse se sentir honrado por marcar contra um goleiro de alto nível.

Em entrevista a PLACAR, em maio de 2021, o jogador disse que, até então, não havia recebido propostas de brasileiros, mas adoraria atuar no país: “o futebol brasileiro é lindo, vistoso e competitivo. Obviamente que gostaria de vestir a camiseta de um grande do Brasil”. Álvarez também externou o desejo de jogar no continente europeu: “gostaria muito de jogar no futebol europeu. Mas tenho que aguardar, fazer bom trabalho e esperar que surja possibilidade”.

Apontado como sucessor de Edinson Cavani e Luis Suárez como homem de ataque do Uruguai, Agustín vestiu a camisa da Celeste em quatro ocasiões, todas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, e marcou um gol. Porém, procura manter a humildade e coloca um conterrâneo do Benfica em um patamar mais alto na briga: “Agora grandes jogadores estão em destaque também, como Darwin Núñez. Claro, gostaria de ser o substituto da geração. Mas sei que vai ser duro”.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês