ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

PLACAR lança Guia da Champions e das ligas europeias 2021/2022

Edição de setembro tem Messi e Cristiano Ronaldo, ambos de casa nova, em destaque, com fichas de 234 jogadores, perfis dos técnicos e muito mais

Por Da Redação Atualizado em 28 set 2021, 10h19 - Publicado em 9 set 2021, 15h56

 

Guia Europeu da Revista Placar deste mês -
Guia Europeu da Revista Placar deste mês – Reprodução/Placar

A bola voltou a rolar no velho continente, com presença de público na maioria dos estádios e com novidades surpreendentes. Se algum viajante do tempo como nosso Comentarista do Futuro tivesse acesso à capa do Guia PLACAR da Champions League e das principais ligas europeias da temporada 2021/2022 dificilmente acreditaria que tanto Lionel Messi quanto Cristiano Ronaldo estariam de casa nova. Pois bem, os maiores craques do futebol mundial agora jogam por PSG e Manchester United, respectivamente, e estampam a capa da edição de setembro, que já está disponível a partir desta quinta-feira, 9, em dispositivos iOS e também Android. A versão impressa chega às bancas de todo o país a partir da próxima semana, justamente quando terá início a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O Guia do futebol europeu é dividido em duas partes. Primeiro, a apresentação dos 32 times que disputam a “espetacular Champions”. Retomando uma tradição de PLACAR, as principais equipes do torneio contam como ficha completa de 234 atletas, com informações como posição, altura, idade, data e local de nascimento, clubes pelos quais atuou e histórico na Champions. Há também um descrição de cada equipe, com seus respectivos dados como nome do estádio, data de fundação e principais títulos, um perfil dos treinadores e destaque para as novas contratações.

As fichas do Chelsea, o atual campeão europeu, agora com Lukaku
As fichas do Chelsea, o atual campeão europeu, agora com Lukaku PLACAR/Reprodução
Messi, Neymar e Mbappé no guia da PLACAR do futebol europeu
Messi, Neymar e Mbappé no guia da PLACAR do futebol europeu PLACAR/Reprodução

Na sequência, PLACAR apresenta as ligas inglesa, espanhola, italiana e francesa, com informações de almanaque e a descrição de cada uma das 20 equipes participantes de cada campeonato. Enfim, eis mais um item de colecionar, fruto de minucioso trabalho de pesquisa realizado por nossa equipe, disponível em nossas plataformas digitais e em breve nas bancas. Confira, abaixo, a carta ao leitor desta edição.

Continua após a publicidade

Apresentação do Campeonato Italiano, antes da descrição de cada uma das 20 equipes participantes
Apresentação do Campeonato Italiano, antes da descrição de cada uma das 20 equipes participantes PLACAR/Reprodução
Ligue 1 em alta: as fichas dos 20 times participantes
Ligue 1 em alta: as fichas dos 20 times participantes PLACAR/Reprodução

A TAÇA MAIS COBIÇADA

O maior torneio de clubes do mundo chega à 67ª edição como um gigantesco sucesso, num momento em que a tradição está prestes a dar lugar ao dinheiro do petróleo

Assim que as bolinhas do pote 2 começaram a definir quem os cabeças de chave enfrentariam, no sorteio da Liga dos Campeões, ouviu-se um zum-zum-zum entre jornalistas e torcedores. E calhou de o Manchester City pegar o Paris Saint-Germain logo na fase de grupos. De um lado, Guardiola, De Bruyne, Grealish, Gabriel Jesus. Do outro, nada mais nada menos que Messi, Neymar e Mbappé. O duelo precoce é um retrato do futebol hoje: o racha entre tradição e dinheiro. Curiosamente, o grupo de City e PSG não tem nenhum campeão da Champions até hoje. Zero troféus em 66 edições disputadas. O time com mais participações é o Club Brugge, que esteve no torneio em vinte ocasiões (contra treze da equipe de Paris, sete da de Manchester e três do RB Leipzig). Se não há história de conquistas, há euros em profusão.

Não à toa, muita gente rebatizou a competição, em sua temporada 2021-2022 de PetroChampions, numa referência aos pesados investimentos dos donos de dois clubes: Emirados Árabes (City) e Catar (PSG). Convém, contudo, não abandonar a tradição, embora ela não seja garantia de título. Nesse aspecto, o grupo da morte é o B, em que Liverpool, Porto e Milan somam quinze conquistas da Orelhuda. No grupo D, Real Madrid e Inter de Milão venceram a Liga, juntos, dezesseis vezes. Nesta primeira fase, há alguma expectativa em relação aos jogos do Bayern (no E) e do Chelsea (no H) — e, claro, algum interesse pelo estreante Sheriff. Depois, será uma espetacular briga de cachorro grande — até a final, em 28 de maio, em São Petersburgo. O troféu, tão desejado, voltará a repousar num dos estádios tradicionais ou passará às mãos dos novos donos da bola no continente?

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade