CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Paulo Pezzolano: quem é o técnico uruguaio que assume o Cruzeiro

Novo comandante foi anunciado pela gestão que adquiriu o clube mineiro para substituir Vanderlei Luxemburgo; ele já teve passagem pelo Brasil como jogador

Por Leandro Miranda Atualizado em 4 jan 2022, 08h10 - Publicado em 4 jan 2022, 08h00

Para um novo Cruzeiro, um novo treinador. O uruguaio Paulo Pezzolano, anunciado como substituto do demitido Vanderlei Luxemburgo para 2022, chega ao Brasil com uma carreira curta como técnico profissional e pouco conhecido pela torcida. Mas quem é esse ex-jogador de 38 anos e como foi sua trajetória até assumir o comando da Raposa?

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Paulo César Pezzolano Suárez foi um meia canhoto revelado pelo Rentistas em 2001 e que jogou a maior parte da carreira no próprio futebol uruguaio. Mas foi uma passagem pelo Brasil que se mostrou determinante para ele estar onde está hoje: entre 2005 e 2006, defendeu o Athletico-PR e conheceu o então zagueiro Paulo André, atual gestor de futebol do Cruzeiro neste momento em que o clube faz a transição para se tornar uma empresa.

Pouco depois de se aposentar como jogador em 2016, aos 33 anos, Pezzolano iniciou a carreira de treinador no Torque, clube uruguaio onde havia acabado de pendurar as chuteiras. Em seu primeiro ano de trabalho, 2017, foi campeão da segunda divisão e colocou a equipe na elite do Campeonato Uruguaio.

Pezzolano enquanto jogador do Liverpool-URU -
Pezzolano enquanto jogador do Liverpool-URU – @LiverpoolFC1915/Twitter

Logo depois da conquista, foi para o Liverpool de Montevidéu, onde faturou em 2019 o Torneo Intermedio — uma competição curta disputada entre o Apertura e o Clausura, os dois “turnos” do campeonato nacional. Depois de dois anos, foi treinar o Pachuca, do México, onde teve baixo aproveitamento em um clube que vivia mau momento. Saiu no ano passado.

Agora, surgiu a oportunidade de comandar o Cruzeiro, que vive um processo de intensa reformulação desde que o ex-jogador Ronaldo se tornou o sócio majoritário da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) na qual o clube está se transformando. O velho conhecido Paulo André foi figura central em sua contratação, aprovando seu nome após um processo seletivo.

Continua após a publicidade

Pezzolano, aliás, já havia passado perto de trabalhar com Paulo André em 2019. Na ocasião, o então executivo do Athletico-PR tentou levar o uruguaio para o Furacão, mas ele preferiu ir para o México treinar o Pachuca. Três anos depois, os caminhos se reencontraram.

Como técnico, comandando o Liverpool-URU -
Como técnico, comandando o Liverpool-URU – @LiverpoolFC1915/Twitter

Também pesou na escolha a visão que Ronaldo pretende para o estilo de jogo do Cruzeiro. “No diagnóstico que fiz com o Paulo André, ele chegou para mim e perguntou: ‘como você quer que seu time jogue?’. Eu disse: ‘quero que meu time jogue para frente, seja protagonista, tenha a posse de bola, faça muitos gols, sofra menos… que a torcida se divirta”, disse o novo dono da Raposa em entrevista ao podcast Flow.

É exatamente isso que Pezzolano promete entregar. Em seus trabalhos, o uruguaio prefere equipes em um sistema 4-3-3, com posse de bola, pressão na frente, saída de jogo curta com os zagueiros e atletas rápidos. Conseguirá fazer isso na prática? Depois de dois anos amargando a Série B e passando longe da briga pelo acesso, a esperança do cruzeirense é que o treinador, junto à nova gestão, recoloque o tetracampeão brasileiro no seu lugar — e se for jogando bonito, melhor ainda.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

MELHOR
OFERTA

Digital no App