CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Paquetá vê desrespeito e defende Neymar de acusação sobre treinar bêbado

Companheiro de seleção, meio-campista do Lyon ainda questionou a veracidade das informações e citou que camisa 10 demonstra profissionalismo

Por Da redação Atualizado em 22 mar 2022, 14h40 - Publicado em 22 mar 2022, 14h30

O meia-atacante Lucas Paquetá, do Lyon, respondeu as críticas do jornalista francês Daniel Riolo direcionadas a Neymar em entrevista concedida nesta terça-feira, 22. Paquetá classificou como desrespeitosas as declarações e ainda questionou a veracidade das informações de que o camisa 10 da seleção brasileira treina no Paris Saint-Germain “em um estado lamentável, no limite de estar bêbado”. Ele é um dos jogadores que já se apresentaram ao técnico Tite na Granja Comary.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Eu acho que isso é até desrespeitoso em se falar, em transmitir informações que não são verdadeiras. Ele [Neymar], obviamente, não comentou isso, mas acredito que não seja verdade. As pessoas falam demais e isso acaba nos afetando de certa forma um pouco. É difícil filtrar, mas eu vou te dar um exemplo: falaram que era o Homem-Aranha na minha casa. Então, você não pode acreditar no que as pessoas falam e colocar isso como certeza em um atleta. Tem muitas coisas que envolvem o atleta e o Neymar é profissional, acredito que ele não tenha feito isso”, disse o jogador.

“Você vai sempre escutar da minha boca que o Neymar, acima de tudo, é uma grande pessoa, um grande profissional, que tem um talento incrível e sem dúvidas é o nosso melhor jogador da seleção brasileira. Tê-lo do lado é um privilégio. Eu, particularmente, quando tenho Neymar do meu lado me sinto muito mais forte, assim como todos os companheiros. Ele também sente isso quando está na seleção. A gente se motiva mais, se abraça mais e isso nos torna mais fortes. A cobrança existe independente de momento. O PSG foi eliminado e é claro que torcedores e imprensa vão cobrar relacionado a isso, mas acredito que ele vem se recuperando de lesão e ficando cada vez mais forte para nos ajudar na seleção e vai fazer isso muito bem”, acrescentou.

Jogador mais bem pago da França, segundo o L’Equipe, Neymar ganhou o noticiário internacional fora dos gramados durante o programa After Foot, do canal RMC Sport. O jornalista Daniel Riolo disparou contra o brasileiro, apontando ruptura total com o PSG e alegando falta de comprometimento: “Neymar quase não treina. Vai num estado lamentável, no limite de estar bêbado”.

Continua após a publicidade

Autor de cinco gols e três assistências em 15 partidas pelo Campeonato Francês, o brasileiro é visto como um dos vilões do insucesso do PSG na Liga dos Campeões. Em fase de desempenho muito abaixo do que já mostrou no auge do Barcelona, o brasileiro colaborou com um passe para Mbappé marcar no jogo que decretou a eliminação parisiense da Champions, ao perder para o Real Madrid, por 3 a 1, no Santiago Bernabéu. Nem sequer a ajuda ao companheiro tirou o brasileiro da mira.

Após criticar a postura do camisa 10, o jornalista afirmou que para ele há uma vontade de devolver as críticas. “É assim, ele está com espírito de vingança contra o PSG, em ruptura total com o clube e com o vestiário.” Nas redes sociais do jogador, a aparência é de uma boa relação com os companheiros de clube.

Neymar foi vaiado mesmo com gol na vitória sobre o Bordeaux -
Neymar virou alvo de vaias e indiferença de torcedores do PSG – Alain Jocard/AFP

“Os torcedores do PSG não estão minimamente preocupados com os assuntos de Neymar. Que vá embora, está prejudicando o clube. Eles não querem saber se o jogador não está bem, por causa do documentário da Netflix, e por tudo isso. É preciso assinar o cheque e deixá-lo ir. Está causando muitos danos dentro do clube.”, disparou Riolo.

Desde que chegou ao Paris Saint-Germain, em 2017, Neymar, por muitas lesões, entrou em campo apenas 137 vezes, com 92 gols e 51 assistências, além de 10 títulos. Porém, a Liga dos Campeões, sonhada pelo projeto bilionário, não chegou: o mais perto que o time conseguiu foi bater na trave com o vice na temporada 2019/20, em derrota para o Bayern de Munique.

Os jogos em que Neymar participará com a seleção são válidos pela 17ª e 18ª rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas, competição da qual o Brasil é líder invicto, com 39 pontos. A equipe de Tite já está classificada para a Copa desde 11 de novembro, após vitória sobre a Colômbia. O pensamento do técnico é seguir com os últimos testes e ajustes visando o Mundial do Catar, que começa em 21 de novembro.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês