CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Os últimos trabalhos de Mano Menezes, novo técnico do Inter

Desde que deixou a seleção, treinador foi bicampeão da Copa do Brasil, mas não brilhou em Flamengo, Palmeiras e Bahia

Por Da redação 20 abr 2022, 09h25

Oficializado como novo técnico do Internacional na última terça-feira, 19, Mano Menezes retorna ao futebol brasileiro após curto período no Al Nassr, da Arábia Saudita. O treinador com passagem pela seleção brasileira foi a escolha do Colorado para substituir o uruguaio Alexander Medina, demitido após vice-campeonato estadual, eliminação da Copa do Brasil e início ruim de Brasileirão e Sul-Americana. Dono de bons trabalhos por Cruzeiro e Corinthians, o novo comandante do clube gaúcho tem retrospecto recente de altos e baixos.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Responsável por uma reconstrução no Corinthians entre 2008 e 2009, Mano foi o escolhido para estar à frente da seleção brasileira no ciclo para a Copa do Mundo de 2014. O trabalho, porém, foi interrompido em 2012, após medalha de prata nas Olimpíadas de Londres. Desde então, o técnico dirigiu nove clubes e conquistou quatro títulos: Copa do Brasil de 2017 e 2018 e Campeonato Mineiro de 2018 e 2019, todos eles pelo Cruzeiro.

Pelo lado azul de Belo Horizonte, o técnico fez história e esteve à beira do campo mais de 200 vezes. Por outro lado, de 2012 para cá, Mano Menezes não obteve sucesso em Flamengo, Palmeiras e Bahia, clubes em que não acumulou sequer 70 jogos somados. Fora do Brasil, o treinador teve curtas experiências por Shandong Luneng, da China, e Al Nassr, da Arábia Saudita, onde estava antes de ser contratado pelo Internacional.

Veja os números dos trabalhos de Mano Menezes após a seleção brasileira:

2013 – Flamengo – 21 jogos, 8 vitórias, 6 empates e 7 derrotas – 47,6% de aproveitamento

2014 – Corinthians – 61 jogos, 31 vitórias, 15 empates e 15 derrotas – 59% de aproveitamento

Continua após a publicidade

2015 – Cruzeiro – 16 jogos, 8 vitórias, 6 empates e 2 derrotas – 62,5% de aproveitamento

2016 – Shandong Luneng – 21 jogos, 7 vitórias, 7 empates e 7 derrotas – 44,4% de aproveitamento

2016 a 2018 – Cruzeiro – 169 jogos, 82 vitórias, 47 empates e 40 derrotas – 57,8 % de aproveitamento – Venceu o Campeonato Mineiro de 2018 e a Copa do Brasil de 2017 e de 2018

2019 – Palmeiras – 20 jogos, 11 vitórias, 5 empates e 4 derrotas – 63,3% de aproveitamento

2019 – Cruzeiro – 43 jogos, 20 vitórias, 13 empates e 10 derrotas – 56,5% de aproveitamento – Venceu o Campeonato Mineiro de 2019

2020 – Bahia – 21 jogos, 7 vitórias, 1 empate e 13 derrotas – 34,9% de aproveitamento

2021 a 2022 – Al Nassr – 16 jogos, 9 vitórias, 3 empates e 4 derrotas – 62,5% de aproveitamento

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês