ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Os gigantes europeus que correm risco de ficar fora da próxima Champions

As últimas rodadas das grandes ligas europeias reservem boas brigas: Juventus, de Cristiano Ronaldo, vive situação mais dramática

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 19h47 - Publicado em 17 Maio 2021, 14h30

Todos os anos, as equipes da elite europeia batalham não apenas pelos títulos nacionais, mas por vagas na Liga dos Campeões. Estar na principal competição de clubes do mundo representa prestígio e, sobretudo, um enorme e fundamental aporte financeiro. A próxima edição, no entanto, pode ter algumas ausências surpreendentes.

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

Entre as cinco principais ligas (Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França), três delas reservam boas emoções no quesito “briga por Champions League”. Confira, abaixo:

Liverpool

Alisson sobe para cabecear e marcar pelo Liverpool
Liverpool/Reprodução

Campeão europeu em 2019 e inglês no ano seguinte, o Liverpool vive temporada instável, prejudicado por uma série de lesões. Eliminado precocemente das duas copas domésticas e fora das finais europeias, o time do técnico Jürgen Klopp até conseguiu uma recuperação nas últimas rodadas (marcou 20 pontos nos últimos 10 jogos) que o recolocou na briga por vaga na Champions. No último jogo, que poderia praticamente minar as chances de classificação, o goleiro Alisson marcou de cabeça nos últimos minutos e deu ares emocionantes à briga.

Atualmente, a duas partidas do fim, o Liverpool ocupa a quinta posição da Premier League, com 63 pontos, um a menos que o Chelsea, último campeão na zona Champions. Nas últimas rodadas, os Reds enfrentam o Bunrley, fora de casa, e o Cristal Palace

Chelsea

Marcos Alonso, Reece James e Timo Werner comemoram gol do Chelsea
Chelsea/Reprodução

Vice-campeão da FA Cup e finalista da atual Liga dos Campeões, o Chelsea corre riscos de não participar da próxima edição do principal torneio europeu. Quarto colocado com 64 pontos do Campeonato Inglês, o clube londrino depende só de si para cravar a vaga na Champions League 2021/22. Porém, a situação é complicada. Via Premier League, está a dois pontos do Leicester (atual terceiro colocado) e tem o Liverpool, quinto, na cola.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Nas últimas rodadas, o do time do treinador Thomas Tuchel enfrenta justamente o Leicester, e o Aston Villa. Por outro lado, caso não atinja o objetivo na liga doméstica, o Chelsea ainda pode se garantir na Champions se vencer a decisão deste ano, diante do Manchester City, dia 29, em Porto.

Milan

Jogadores do Milan e Pioli comemoram gol
Milan/Reprodução

Sem participar da Liga dos Campeões desde a temporada 2013/14, o Milan precisa de uma vitória na última rodada para voltar ao grande campeonato do Velho Continente. É atualmente o terceiro colocado da Serie A com 76 pontos – empatado com o Napoli, quarto, e com um ponto a mais que a Juventus. Com o desfalque do astro Zlatan Ibrahimovic por lesão no joelho esquerdo, mas embalado por quatro partidas sem levar gols, a equipe de Milão enfrentará a já classificada Atalanta na rodada derradeira, em Bérgamo.

Napoli

Fabián Ruiz e Lozano comemoram gol pelo Napoli
Napoli/Reprodução

Dentro de suas expectativas, o técnico Gennaro Gattuso e o elenco do Napoli fazem bom trabalho nesta temporada. Sem perder desde abril, os napolitanos atualmente ocupam a quarta posição na Serie A, a última em zona Champions, e precisam apenas de uma vitória para garantir, sem depender de ninguém, vaga na próxima Champions League.

Donos do segundo melhor ataque e segunda melhor defesa da competição, o Napoli pode pagar pela instabilidade da equipe nos meses de dezembro de 2020 e janeiro deste ano. Ao mesmo tempo, tem em sua cola a gigante Juventus. Na última rodada, enfrenta o Hellas Verona, no Estádio Diego Armando Maradona.

Juventus

Jogadores da Juventus comemoram gol
Juventus/Reprodução

A Juventus iniciou a temporada com expectativas altíssimas e pode encerrá-la de maneira desastrosa. Superada pela Inter de Milão, a Juventus já perdeu a hegemonia do Campeonato Italiano e agora corre risco real de ficar também de fora da Liga dos Campeões. Quinta colocada com 75 pontos, a equipe de Turim precisa bater o Bologna fora de casa e torcer para um tropeço de Milan ou Napoli. Caso contrário, terá de contentar com vaga na Liga Europa e dificilmente conseguiria manter seu caríssimo elenco, liderado por Cristiano Ronaldo. Em sua primeira experiência como técnico, Andrea Pirlo tem cargo totalmente ameaçado, assim como sua condição de ídolo do clube.

PSG

Neymar comemora gol pelo PSG
PSG/Reprodução

É improvável, mas há chances de o Paris Saint-Germain não se classificar para a próxima Liga dos Campeões. Atual vice-campeão do torneio e hegemônico na França, a temporada da equipe parisiense foi completamente inconstante. Após a chegada do treinador Maurício Pochettino, uma mudança no estilo de jogo demandou tempo, fato que causou instabilidade à equipe. Assim, o PSG de Neymar e Mbappé chega à última rodada da Ligue 1 com a possibilidade de ir aos playoffs da Champions League, colocando em risco a participação de um clube com investimento milionário na maior competição continental.

Porém, para isso acontecer, o PSG precisa perder para o Brest, que luta contra o rebaixamento, e o Monaco vencer o Lens, que luta por vaga na Liga Europa.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade