CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Os craques que farão falta na Copa do Mundo de 2018

Jogadores que não disputarão a Copa do Mundo, para azar dos russos

Por Da redação Atualizado em 20 out 2021, 17h34 - Publicado em 1 jan 2018, 11h01

Seleções importantes, como Itália e Holanda, deram vexame e ficaram de fora da Copa. Com isso, muitos jogadores de renome ficarão de fora do Mundial da Rússia.

Confira, abaixo, alguns dos craques que assistirão ao Mundial pela TV:

Gianluigi Buffon (Itália)

Foto: Marco Luzzani/Getty Images

O histórico goleiro Buffon se despediu da seleção italiana, aos 39 anos, de forma amarga. Se estivesse na Rússia, o capitão da ‘Azzurra’ se tornaria o primeiro jogador da história a participar de seis Mundiais. Ele foi campeão em 2006, na Alemanha. No lugar da Suécia, enfrentaria a forte Alemanha logo na primeira fase do torneio.

Giorgio Chiellini (Itália)

Zagueiro italiano Giorgio Chiellini reclama de uma suposta agressão de Luis Suárez durante o jogo contra o Uruguai, na Arena das Dunas
Foto: Lavandeira Jr/EFE/EFE

Zagueiro de classe, titular na Juventus, perdeu a chance de disputar sua terceira Copa. Medalha de bronze na Olimpíada de Atenas, em 2004, o jogador se aposentou da seleção após a decepcionante eliminação para a Suécia.

David Alaba (Áustria)

David Alaba da Áustria
Foto: Ashley Crowden – CameraSport/Getty Images

Lateral esquerdo e meia, Alaba é um dos destaques do Bayern de Munique. A Áustria, no entanto, decepcionou novamente nas Eliminatórias, ficando atrás de Sérvia, Irlanda e País de Gales.

Christian Pulisic (EUA)

Christian Pulisic dos EUA
Foto: Hector Vivas/LatinContent/Getty Images

Meia de apenas 19 anos é um dos destaques do Borussia Dortmund, da Alemanha. Habilidoso e de rápida ascensão na seleção dos EUA, fica de fora do Mundial após o time terminar na quinta colocação das Eliminatórias da Concacaf.

Marek Hamsik (Eslováquia)

Marek Hamsik da Eslováquia
Foto: Rob Newell – CameraSport/Getty Images

Um dos grandes destaques do Napoli, que há anos vem ocupando as primeiras colocações na Itália, fica de fora do Mundial após a Eslováquia ser a pior segunda colocada nas Eliminatórias e sequer se classificar para os playoffs, deixando o meia ambidestro de fora da Copa.

Alexis Sanchez (Chile)

Copa das Confederações Rússia 2017
Foto: Ian Walton/Getty Images

Outra ausência importante na Copa do Mundo será a da seleção chilena, atual bicampeã da Copa América. O atacante Alexis Sánchez, do Arsenal, seria uma das atrações da equipe, que no lugar do Peru, por exemplo, enfrentaria a França logo na primeira fase.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Arturo Vidal (Chile)

Copa das Confederações 2017
Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Outro atleta chileno que chegaria à Rússia como atração seria o meio-campista Arturo Vidal, do Bayern de Munique.

Ryad Mahrez (Argélia)

Riyad Mahrez
Foto: Pool/Getty Images

A Argélia, que participou das Copas de 2010 e 2014, deu vexame nas Eliminatórias Africanas para 2018. Mesmo contando com o habilidoso atacante canhoto do Leicester City, o time terminou em último em seu grupo, atrás de Nigéria, Zâmbia e Camarões. Se estivesse na Copa, poderia enfrentar a Argentina na fase de grupos.

Arjen Robben (Holanda)

Eliminatórias: Holanda x Suécia
Foto: Toussaint Kluiters/Reuters

Vice-campeão em 2010 e terceiro colocado em 2o14, o driblador Robben também se aposentou de sua seleção depois do fracasso nas Eliminatórias Europeias. A Holanda nem sequer chegou à repescagem, terminando atrás de França e Suécia em seu grupo.

Gareth Bale (País de Gales)

Gareth Bale comemora gol, na vitória do País de Gales sobre a Rússia por 3 a 0, em partida válida pela terceira rodada do grupo B da Eurocopa 2016, realizada no Estádio de Toulouse, na França - 20/06/2016
Foto: Sergio Perez/Reuters/Reuters

O veloz e habilidoso ponta do Real Madrid vive momento difícil no clube e na seleção. Depois de uma surpreendente campanha na Euro, em que Gales chegou à semifinal, a modesta equipe terminou atrás de Sérvia e Irlanda nas Eliminatórias. Caso se classificasse, poderia estar no grupo do Brasil.

Edin Dzeko (Bósnia)

Dzeko, do Manchester City, vai liderar a Bósnia em sua primeira Copa do Mundo
Foto: Jeff Curry/Getty Images/VEJA

Em boa fase na Roma, o atacante perdeu a chance de disputar sua segunda Copa do Mundo. A Bósnia, que estreou no Mundial do Brasil em 2014, foi eliminada por Bélgica e Grécia nas Eliminatórias.

Pierre Aubameyang (Gabão)

Pierre-Emerick Aubameyang, do Borussia, comemora gol durante partida contra SL Benfica, válida pela UEFA Champios League
Foto: Patrik Stollarz/AFP

Destaque do Borussia Dortmund há várias temporadas, o atacante de 28 anos falhou mais uma vez na tentativa de levar seu país à Copa do Mundo. O Gabão foi superado pelo Marrocos nas Eliminatórias Africanas. O atacante perdeu a chance de fazer jogos contra Espanha e Portugal na fase de grupos.

Zlatan Ibrahimovic (Suécia)

Ibrahimovic disputa jogada na estreia da Suécia na Eurocopa
Foto: Martin Bureau/AFP/AFP

Apesar da Suécia ter se classificado para a Copa, o atacante Zlatan Ibrahimovic não desistiu da ideia de largar a aposentadoria do time. Ele pode até surpreender e disputar seu terceiro Mundial, aos 36 anos, mas é difícil. Azar dos fãs de futebol.

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês