ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

O rei e a rainha: do hospital, Pelé vibra com golaço de Marta

Em recuperação de uma cirurgia para extração de tumor no cólon, ídolo da seleção brasileira acompanhou amistoso da equipe feminina contra a Argentina

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 18h04 - Publicado em 20 set 2021, 17h16

Pelé segue em recuperação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e nesta segunda-feira, 20, provou do seu remédio favorito: a bola. Assim definiu sua filha, Kely Nascimento, que postou uma foto do rei do futebol curtindo pela TV uma grande atuação de Marta, a rainha, em amistoso da seleção brasileira diante da Argentina, em João Pessoa, na Paraíba.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Assistindo a Rainha fazer rainha stuff. Brazil v Argentina Futebol = remédio”, escreveu Kely pouco antes do intervalo da partida. O Brasil venceu a primeira etapa por 2 a 0, com gols de Kerolin e de Marta, que acertou uma cobrança de falta perfeita. Já no início da segunda etapa, Debinha e Yasmin ampliaram a vantagem para 4 a 1. 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Kely Nascimento (@iamkelynascimento)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Pelé está internado desde o dia 30 de agosto em uma unidade semi-intensiva após uma cirurgia para extração de tumor no cólon direito detectado durante exames de rotina. No último fim de semana, ele tranquilizou os fãs. “Como podem ver, estou dando socos no ar em comemoração a cada dia melhor. O bom humor é o melhor remédio e isso eu tenho de sobra. Não poderia ser diferente. É tanto carinho que tenho recebido, que estou com o coração cheio de gratidão”, diz Pelé, em postagem nas redes sociais.

No último sábado, 18, o ex-jogador foi fotografo pela filha Kely Nascimento fazendo fisioterapia no hospital. Na sexta, ele havia piorado um pouco e a própria filha fez um post esclarecendo que ele estava bem. Nos últimos anos, Pelé tem apresentado uma saúde mais fragilizada. De 2015 até hoje, foram sete hospitalizações. Em 2019, o ex-jogador foi submetido a uma operação para a remoção de um dos rins.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade