CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

No Uruguai, Suárez se destaca como goleiro na despedida de Forlán

Ídolo uruguaio com passagem pelo Inter reuniu estrelas para sua festa de adeus à bola em Montevidéu

Por Da Redação Atualizado em 27 set 2021, 11h48 - Publicado em 29 dez 2019, 11h03

O ídolo uruguaio Diego Forlán se despediu oficialmente do futebol neste sábado 28 com uma festa repleta de estrelas no Estádio Centenário, em Montevidéu. O ex-atacante, eleito o melhor jogador da Copa de 2010, jogou um tempo em cada equipe (Uruguai x Amigos de Forlán) e marcou três gols. Um dos destaques da festa foi a presença do atacante Luis Suárez, do Barcelona, que atuou como goleiro – e fez boas defesas – no fim do amistoso.

Participaram do jogo festivo, que terminou empatado em 6 a 6, ex-atletas consagrados como os uruguaios Diego Lugano e Loco Abreu e os argentinos Juan Román Riquelme e Juan Sebastián Verón. Forlán, de 40 anos, iniciará em 2020 uma nova carreira, a de técnico, e dirigirá o Peñarol, gigante uruguaio do qual é torcedor.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Trajetória vitoriosa

Diegp Forlán celebra gol do Uruguai contra a Alemanha na Copa de 2010
Diegp Forlán celebra gol do Uruguai contra a Alemanha na Copa de 2010 Joern Pollex/Getty Images

Diego Forlán anunciou sua aposentadoria em agosto deste ano, aos 40 anos, encerrando uma carreira de enorme sucesso pela seleção de seu país e também por clubes como Atlético de Madri, Villarreal, Manchester United e Inter de Porto Alegre, entre outros.

O atacante se destacou para o futebol mundial com a camisa do Independiente, time argentino que defendeu entre 1997 e 2002. No mesmo ano, se transferiu para o Manchester United, onde conquistou o Campeonato Inglês, na temporada 2002/2003, a Copa da Inglaterra, na temporada seguinte, e a Supercopa da Inglaterra, em 2003.

Mas, na Europa, as equipes com as quais mais se identificou foram o Villarreal e o Atlético de Madri, ambos da Espanha. Na equipe da capital, Fórlan participou da conquista da Liga Europa em 2009/2010 e da Supercopa da Europa, em 2010. Na Itália, vestiu a camisa da Inter de Milão.

Em 2012, o atacante repetiu os passos do pai, Pablo Forlán, ídolo do São Paulo, e se aventurou no futebol brasileiro ao assinar com o Internacional. Mesmo sem maior brilho, já mostrando certa queda de rendimento, o uruguaio participou da conquista do Campeonato Gaúcho de 2013 e deixou o clube no ano seguinte.

No entanto, foram os momentos vividos pela seleção do Uruguai que o transformaram em uma lenda do futebol mundial. Na histórica campanha da Copa de 2010, na qual o Uruguai terminou na surpreendente quarta colocação, Forlán foi um dos quatro artilheiros do Mundial, com cinco gols, e foi eleito o melhor jogador da Copa. Com o Uruguai, também ficou em quarto lugar na Copa das Confederações de 2013 e ajudou a levantar o troféu da Copa América de 2011.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade