CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

No sufoco, Corinthians volta a vencer nos pênaltis após 4 anos

Após atuação péssima e empate em 0 a 0, clube paulista eliminou o Brusque, em Santa Catarina, nas penalidades. Próximo adversário será o Luverdense

Por da redação Atualizado em 21 out 2021, 01h56 - Publicado em 2 mar 2017, 08h47

Mesmo jogando muito mal – o técnico Fábio Carille admitiu ter sido o pior jogo do time na temporada – o Corinthians conseguiu quebrar um tabu nesta quarta-feira, ao eliminar o Brusque, em Santa Catarina, após sofrível empate em 0 a 0, pela segunda fase da Copa do Brasil. Foi a primeira vitória do Corinthians em uma decisão por pênaltis desde 2013. Em quatro anos, o time havia perdido em quatro disputas da marca da cal.

A última vitória por pênaltis havia ocorrido diante do São Paulo, na semifinal do Campeonato Paulista de quatro anos atrás. Na ocasião, o goleiro Cássio, único atleta remanescente, defendeu uma cobrança de Luis Fabiano. Nesta quarta-feira, Cássio não pegou nenhuma cobrança, mas levou sorte nos chutes João Carlos – no travessão, em cobrança que daria a classificação ao Brusque, e Carlos Alberto, para fora. Jadson, que reestreou pelo Corinthians na segunda etapa, também perdeu sua cobrança. 

A primeira das quatro últimas derrotas por pênaltis aconteceu nas quartas de final da Copa do Brasil de 2013, graças à displicente e equivocada”cavadinha” de Alexandre Pato diante do Grêmio. Dois anos depois, o time sofreu uma dolorosa eliminação contra o Palmeiras, em Itaquera. Elias e Petros pararam nas mãos de Fernando Prass, que classificou o rival à decisão do Estadual.

Na temporada seguinte, nova eliminação diante da sua torcida, dessa vez contra o Audax, novamente na semifinal do Campeonato Paulista. Fagner e Rodriguinho erraram suas cobranças. A última foi já em janeiro deste ano, na Florida Cup. Com erros dos volantes Fellipe Bastos e Marciel, o Corinthians foi derrotado pelo rival São Paulo na decisão do torneio de pré-temporada nos Estados Unidos.

(com Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês