ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

No mercado: Guerrero rescinde contrato com o Inter em ‘acordo mútuo’

Atacante peruano de 37 anos deixou o clube gaúcho, onde estava desde 2018, após 72 jogos e 32 gols; retorno ao Corinthians e outras equipes são especuladas

Por Da Redação Atualizado em 27 out 2021, 09h06 - Publicado em 26 out 2021, 13h40

O Internacional anunciou nesta terça-feira, 26, ter chegado a um “acordo mútuo” com o atacante peruano Paolo Guerrero para rescindir o contrato que iria até dezembro deste ano. Reserva e um dos maiores salários do clube gaúcho, o camisa 9 de 37 anos, que teve o nome ligado a diversas equipes na última janela de transferências, está livre no mercado. O rompimento foi anunciado pelas redes sociais.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 14,90/mês

“O Sport Club Internacional e o atleta Paolo Guerrero, após interesse mútuo, ajustaram o término antecipado do contrato de trabalho. Grande ídolo do futebol peruano e com reconhecida carreira mundial, o atacante vestiu a camisa colorada em 72 jogos e marcou 32 gols. O clube agradece e deseja sucesso na sequência da carreira”, disse o Inter, em comunicado oficial.

Guerrero foi contratado em agosto de 2018, após finalizar contrato com o Flamengo, com riscos jurídicos por uma suspensão imposta pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) ao jogador, punido por 14 meses por doping. Ele só pôde estrear em 6 de abril de 2019, após 251 dias parado. Na ocasião, fez um gol diante do Caxias.

Continua após a publicidade

Pelo Inter, o peruano se transformou no maior artilheiro estrangeiro em atividade na Série A nacional e superou a marca dos 100 gols por clubes brasileiros – contabilizando as passagens por Corinthians e Flamengo.

Guerrero comemorando o gol contra o Chelsea, na final do Mundial -
Guerrero comemorando o gol contra o Chelsea, na final do Mundial – Toru Yamanaka/AFP/VEJA

O clube paulista, por sinal, é sempre um dos principais alvos de especulações para um retorno. Guerrero foi fundamental na campanha do Mundial de Clubes de 2012, quando o Corinthians venceu o Chelsea, no Japão, mas saiu de forma polêmica em 2015.

Em 2019, ele foi o principal goleador do Internacional na temporada, com 20 gols, mas teve a boa sequência interrompida no ano seguinte por uma lesão ligamentar no joelho direito em agosto, pouco após o retorno do futebol no país.

O jogador era aproveitado pelo técnico uruguaio Diego Aguirre nas últimas partidas, sempre entrando no segundo tempo. A última aparição como titular foi no empate sem gols diante do Cuiabá, em 31 de julho, pela 14ª rodada do Brasileiro.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade