Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

No aeroporto, torcida do Napoli festeja vitória e chance de título

Triunfo sobre a Juventus, fora de casa, reabriu a disputa no Campeonato Italiano: a quatro rodadas do fim, equipe de Turim tem um ponto de vantagem

Por Da redação Atualizado em 28 set 2021, 21h20 - Publicado em 23 abr 2018, 09h58

O gol de cabeça do zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly, aos 44 minutos do segundo, deu a vitória ao Napoli sobre a Juventus, em Turim, e reabriu a disputa pelo título do Campeonato Italiano. Agora, a atual hexacampeã tem 85 pontos, apenas um a mais que o Napoli, a quatro rodadas do fim do torneio. A façanha no Juventus Stadium foi efusivamente celebrada pela torcida napolitana no retorno ao sul do país: em plena madrugada desta segunda-feira, milhares de fãs foram ao aeroporto da cidade receber os atletas.

A vitória em Turim reacendeu a esperança dos torcedores do Napoli de reconquistar o scudetto, 28 anos depois do último troféu conquistado pela equipe de Diego Maradona, Careca e companhia. O próprio Maradona postou uma foto na qual segura uma camisa de Koulibaly e diz que tem “um sonho no coração.”

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Os jogos restantes

A disputa nas últimas quatro rodadas promete parar a Itália e o Napoli tem, teoricamente, um caminho menos complicado. No próximo final de semana, os dois rivais terão adversários complicados pela frente: a Juventus fará o clássico contra a Inter de Milão, no estádio Giuseppe Meazza, e o Napoli enfrentará a Fiorentina, em Florença.

Dos três jogos restantes, cada um terá mais um desafio difícil como visitante, pela 37ª e penúltima rodada: Roma x Juventus, em Roma, e Sampdoria x Napoli, em Gênova.

Adversários da Juventus: Inter (fora), Bologna (casa), Roma (fora) e Verona (casa)

Adversários do Napoli: Fiorentina (fora), Torino (casa), Sampdoria (fora) e Crotone (casa).

Serie A - Juventus x Napoli
Lorenzo Insigne, do Napoli, celebra com a torcida e os companheiros de equipe após a vitória sobre a Juventus no Campeonato Italiano – 22/04/2018 Massimo Pinca/Reuters
Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade