Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Neymar: ‘Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar’

Atacante saiu contrariado mesmo após recorde batido diante do Peru, em Recife

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h15 - Publicado em 10 set 2021, 00h09
Neymar comemora seu gol contra o Peru pelas eliminatórias da Copa do Mundo - 09/09/2021
Neymar comemora seu gol contra o Peru pelas eliminatórias da Copa do Mundo – 09/09/2021 Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação

Destaque da vitória da seleção brasileira sobre o Peru por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, 10, em Recife, Neymar deixou o campo visivelmente incomodado. Ao comentar sobre o gol que lhe valeu um recorde, o de maior artilheiro do Brasil em Eliminatórias, com 12 gols, ultrapassando Zico e Romário, o camisa 10 disse que não se sente respeitado.

“Coletivo é o mais importante, sempre prezei isso. Ao mesmo tempo, fico muito contente de ser de ser recordista de artilheiro das eliminatórias, ser o maior assistente com a camisa da seleção brasileira e logo menos, se tudo caminhar bem, passar o Pelé. Estou muito feliz. Não sei mais o que faço com essa camisa para a galera respeitar o Neymar”, desabafou em entrevista à TV Globo.

“É normal, isso já vem há muito tempo. Isso vem de vocês, repórteres, comentaristas, e outros também. Às vezes eu nem gosto de falar em entrevistas”, completou. O jogador do PSG, no entanto, não quis especificar qual tipo de crítica vinha lhe incomodando.  “Todos os tipos, deixo para a galera pensar um pouco aí.”

Neymar vem se mostrando incomodado com desde a vitória contra o Chile, há uma semana, na qual teve forma física contestada. Na ocasião, usou as redes sociais para dizer que havia usado uma camisa G e não M, o que fazia parecer que estava acima do peso. Antes do jogo contra a Argentina, que acabaria suspenso, ele posou sem camisa para mostrar que estava em forma.

Neymar volta a ironizar rumores sobre peso
Neymar volta a ironizar rumores sobre peso @neymarjr/Instagram

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

No sábado, antes do jogo contra a Argentina, ele mostrou a barriga durante o treino e postou fotos do momento. Hoje, durante a comemoração do segundo gol contra o Peru, ele repetiu o gesto e exibiu o abdômen.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

“É óbvio que o coletivo é mais importante, só que ao mesmo tempo fico muito contente, feliz de ser o recordista em Eliminatórias, ser o maior assistente com a camisa da seleção brasileira. E logo menos, se Deus quiser e tudo caminhar bem, vai ser uma honra passar o Pelé”, comentou o camisa 10 da seleção.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Contra os peruanos, Neymar ainda recebeu um cartão amarelo que o deixou suspenso para o próximo jogo do Brasil nas Eliminatórias, contra a Venezuela, dia 7 de outubro.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade