CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Neymar? ‘Atacante’ Daniel Alves brilha e PSG é campeão

Lateral da seleção brasileira jogou adiantado e foi decisivo na final Supercopa da França, com um gol e uma assistência

Por Alexandre Senechal Atualizado em 20 out 2021, 21h45 - Publicado em 29 jul 2017, 17h55

Enquanto o Paris Saint-Germain ainda sonha com Neymar, outro reforço brasileiro foi decisivo logo em sua primeira partida oficial pelo clube e ajudou a equipe a conquistar o seu primeiro título na temporada. O lateral-direito Daniel Alves marcou um gol de falta, deu o passe para o segundo gol e ajudou o PSG a conquistar a Supercopa da França, com uma vitória de virada sobre o Monaco por 2 a 1.

O jogo foi disputado no Grand Stade de Tanger, em Marrocos, apenas pela segunda vez na história – o Olympique de Marselha venceu o Lille por 5 a 4 em 2011. A Supercopa marca o duelo entre o último campeão do Campeonato Francês, o Monaco, e o último campeão da Copa da França, o PSG.

O time do principado saiu na frente aos 30 minutos do primeiro tempo. E foi um golaço. Após rápida tabela que envolveu quatro jogadores do ataque, inclusive o brasileiro Fabinho, o meia Tielemans tocou de primeira para a ultrapassagem de Sidibé. O polivalente francês deu um leve toque por cima do goleiro Areola e abriu o placar.

O PSG empatou logo no começo da segunda etapa. Outro golaço. Daniel Alves cobrou falta com força da entrada da área e estufou as redes do Monaco aos 5 minutos. 1 a 1. Aos 18, o lateral brasileiro, que foi escalado como atacante pela direita, recebeu de Meunier na linha de fundo e cruzou. Rabiot, livre na área, cabeceou para o fundo do gol.

Com o título, o brasileiro se tornou o maior campeão da história do futebol, um recorde até então pertencente apenas por dois jogadores: o escocês Kenny Dalglish, ex-jogador do Liverpool, e o galês Ryan Giggs, que jogou durante anos no Manchester United.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade