CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Não foi só Will Smith: relembre tapas e agressões famosas do futebol

Ator acertou um tapa em Chris Rock durante cerimônia do Oscar e acendeu lembranças de lamentáveis brigas no futebol

Por Da redação Atualizado em 28 mar 2022, 15h05 - Publicado em 28 mar 2022, 15h02

Rodou o mundo o registro do momento em que o ator Will Smith levantou da cadeira durante cerimônia do Oscar e acertou um tapa na cara do humorista Chris Rock, após piada envolvendo sua esposa, Jada Pinkett Smith, na noite deste domingo, 27. As imagens circularam e renderam debates, como a lembrança de brigas no esporte.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Inicialmente cogitada como uma encenação, a confusão foi confirmada como verdadeira. O que deu indícios para isso foi a reação de Smith, que logo após o tapa voltou ao seu lugar e gritou: “tire o nome da minha esposa da boca”.

PLACAR relembrou oito momentos em que tapas e agressões tomaram os holofotes do futebol:

Edmundo x Zandoná (1995)

Edmundo foi atacado por jogador do Vélez -
Edmundo foi atacado por jogador do Vélez – Reprodução/Youtube

Em um Flamengo x Velez Sarsfield, válido pela final da Supercopa da Libertadores de 1995, uma cena de violência é lembrada até hoje. Após uma cotovelada de Flavio Zandoná em Edmundo, o brasileiro decidiu revidar e acertou um tapa no adversário. Na sequência, o argentino respondeu com um soco por trás no ídolo do futebol brasileiro e deu início a uma briga generalizada.

Romário x Andrei (2002)

Romário discutiu com companheiro de time e o agrediu -
Romário discutiu com companheiro de time e o agrediu – Reprodução/Youtube

Hoje senador, Romário teve seus anos de glória dentro dos campos, mas nem sempre foram só gols. Polêmico e irritadiço, o ex-atacante já se envolveu em diversos problemas, como em 2002, quando agrediu o zagueiro Andrei, na época companheiro de Fluminense. Durante uma cobrança exagerada, o “baixinho” aplicou um misto de empurrão com soco na cara do zagueiro, antes do jogo desequilibrar para um 6 a 0 sofrido contra o São Paulo.

Jair Picerni x Nelson Cilo (2000)

Jair Picerni agrediu jornalista em 2000 -
Jair Picerni agrediu jornalista em 2000 – Reprodução/Youtube

A um dia da virada de ano de 2000 para 2001, o treino do São Caetano não teve clima de boas festas. O clube do ABC se preparava para a decisiva da Copa João Havelange, mas o treinador Jair Picerni, mesmo assim, perdeu a paciência com o repórter Nelson Cilo. O resultado foi um soco na cara do jornalista, filmado por câmeras.

Continua após a publicidade

Zidane x Materazzi (2006)

Zidane foi expulso após agredir Materazzi na final da Copa de 2006 -
Zidane foi expulso após agredir Materazzi na final da Copa de 2006 – John Macdougall/Getty Images

Já com status de consagrado, Zinedine Zidane estava em busca da segunda Copa do Mundo com a camisa francesa, mas terminou a edição de 2006 sem troféu e expulso na final. Em um França x Itália, após 110 minutos jogados, no segundo tempo da prorrogação, quando o confronto já se encaminhava para os pênaltis, o meio-campista perdeu a paciência com o zagueiro Marco Materazzi e acertou uma cabeçada no peito do adversário. Zidane recebeu o vermelho e a seleção ficou com o vice.

Felipe Melo x Peñarol (2017)

Felipe Melo participou de briga na Libertadores de 2017 -
Felipe Melo participou de briga na Libertadores de 2017 – Reprodução/Youtube

Desde que retornou para voltar no futebol brasileiro, o volante Felipe Melo deixou claro: “se tiver que dar tapa na cara de uruguaio, vou dar.” Dito e feito. Em um tenso Peñarol e Palmeiras, com pressão contra e clima hostil após a partida, em uma briga generalizada, o brasileiro acertou um soco em Matías Mier, atleta uruguaio.

Romário x Cafézinho (1997)

Romário brigou após goleada do Flamengo no Carioca de 1997 -
Romário brigou após goleada do Flamengo no Carioca de 1997 – Reprodução/Youtube

Pelo Campeonato Carioca de 1997, aconteceu um outro episódio de confusão que envolveu Romário. Mesmo depois de golear o Madureira, por 7 a 0, o craque se desentendeu com o Cafézinho, defensor da modesta equipe. Quem levou a melhor foi o “baixinho”, que se esquivou da tentativa de chute e devolveu na mesma moeda, derrubando o adversário.

Luis Fabiano x River Plate (2003)

Luis Fabiano agrediu jogador do River pelas costas -
Luis Fabiano agrediu jogador do River pelas costas – Reprodução/Youtube

Durante partida de volta da semifinal da Su-Americana de 2003, o atacante Luís Fabiano roubou a cena. Ao fim do duelo  que iria para os pênaltis, um início de burburinho subiu de patamar quando o camisa 9 aplicou uma “voadora” nas costas de Ahumada. Expulso e fora da disputa por pênaltis, respondeu: “entre brigar e bater pênalti, eu prefiro ajudar na briga”. O River se classificou.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês