CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Na Copa Africana, árbitro apita o fim de jogo duas vezes antes dos 90′

Erro do juiz Janny Sikazwe gerou confusão e protestos da Tunísia, que acabou derrotada por Mali por 1 a 0 e sem opção de voltar a campo

Por Da redação 12 jan 2022, 16h13

O Jogo entre Mali e Tunísia, válido pela primeira rodada do grupo F da Copa Africana de Nações, terminou de forma inesperada (e antecipada) nesta quarta-feira, 12, em Limbe, Camarões. A equipe maliana vencia por 1 a 0, quando o juiz, Janny Sikazwe, de Zâmbia, encerrou a partida aos 40 minutos do 2º tempo. Jogadores e membros da comissão técnica dos dois times não gostaram da atitude e foram à beira do gramado protestar.

Após a confusão, Sikazwe retomou o jogo, expulsou um dos atacantes de Mali, El Bilal Touré, e novamente soprou o apito antes da hora, aos 44 minutos, um minuto a menos que o exigido pelo tempo regulamentar, sem contar os acréscimos.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

O erro de Sikazwe, mais uma vez gerou revolta por parte da equipe da Tunísia, que invadiu o gramado a fim de tentar a possibilidade de um novo confronto, algo que a comissão de arbitragem não autorizou e declarou a disputa como encerrada. Por conta do caos instaurado no Omnisport Stadium, o árbitro precisou sair de campo escoltado pela polícia.

Continua após a publicidade

Como se não bastasse todo o transtorno causado, a Confederação Africana de Futebol (CAF), exigiu que a partida fosse reiniciada e comandada pelo quarto árbitro, porém apenas os jogadores de Mali voltaram ao gramado, já que a equipe da Tunísia se recusou a recomeçar o jogo e a vitória por 1 a 0 foi declarada aos malianos.

Em entrevista coletiva após o confronto, o técnico da Tunísia, Mondher Kebaier, comentou a situação. “É muito difícil de gerir assuntos não desportivos. Aos 85 minutos ele dá o apito final. Novamente aos 89. Deveria haver de sete a oito minutos de acréscimo. A sua decisão é inexplicável”, indignou-se. “Os jogadores já estavam nas banheiras de gelo antes de serem chamados novamente. Eu treino há muito tempo e nunca vi nada parecido. Até o quarto árbitro estava se preparando para levantar a placa e então soou o apito.”

Com o resultado, Mali assume a liderança do grupo F, com 3 pontos e a Tunísia fica em quarto, mas tem grandes chances de se classificar na chave que conta também com Mauritânia e Gâmbia.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade