ASSINE PLACAR DIGITAL NO APP POR APENAS R$ 6,90/MÊS

Messi chega a acordo com o PSG e contrato será assinado nesta terça

Segundo a imprensa europeia, argentino acertou contrato de dois anos, prorrogável por mais um, e receberá R$ 215 milhões; pai do jogador confirma acordo

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h55 - Publicado em 10 ago 2021, 08h39

O Paris Saint-Germain chegou, enfim, a um acordo com Lionel Messi. O jogador argentino, eleito por seis vezes o melhor do mundo pela Fifa, é aguardado nesta terça-feira, 10, em Paris para a assinatura de um contrato de dois anos, com opção de renovação por mais um. As informações são dos jornais franceses L’Equipe e Le Parisien, que dizem já existir um “acerto total” entre as partes. A apresentação no novo clube deve ocorrer na quarta, 11.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Durante a manhã, Jorge Messi, pai e agente do atleta, também confirmou o acerto a jornalistas ao ser flagrado no aeroporto El Prat, de Barcelona. Messi foi visto no mesmo local pouco tempo depois, acompanhado dos filhos e de sua esposa, Antonella Roccuzzo.

De acordo com informações do jornalista italiano Fabrizio Romano, conhecido pela cobertura do mercado de transferências internacionais, ele receberá pelo novo acordo aproximadamente 35 milhões de euros (215 milhões de reais), já incluindo bonificações no contrato.

Com a expectativa do anúncio oficial, torcedores do PSG se deslocaram ao Parque dos Príncipes esperando ver o argentino. Nos bastidores, o clube já tinha programado desde segunda, 9, o que nomeou como “Messi Day”, termo que batizou a parte final da operação envolvendo o jogador por seis vezes eleito o melhor do mundo pela Fifa e viralizou nas redes sociais. Messi, contudo, ainda preteriu viajar um dia depois de se despedir emocionado do Barcelona, no último domingo, 8.

Torcedores do PSG aguardam pela chegada de Messi -
Torcedores do PSG aguardam pela chegada de Messi – Sameer Ai-Doumy/AFP

Desde que a chegada se tornou iminente, centenas de torcedores franceses também passaram a ser figuras presentes no pequeno aeroporto de Le Bourget, destinado a voos privados e executivos, à espera do argentino. A motivação se deu pela publicação do L’Equipe, que indicava que a chegada poderia acontecer acontecer já entre domingo e segunda-feira.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Um avião com destino inicial de Barcelona chegou a pousar no local, causando grande confusão e a necessidade de apoio policial. Horas depois, em foto publicada por Antonella Roccuzzo, foi possível vê-los ainda em Barcelona ao lado do antigo companheiro, o uruguaio Luis Suárez, e de amigos particulares.

Internamente, o clube parisiense sempre manteve tom otimista. Preparou ao jogador uma espécie de entrada triunfal no Parque dos Príncipes e, principalmente, um encaixe salarial, com a ajuda de um escritório particular de advocacia, para que pudesse atender as exigências do Fair Play financeiro imposto pela Fifa já que contratou recentemente nomes de peso como o goleiro italiano Gianluigi Donnarumma, o zagueiro espanhol Sérgio Ramos, o lateral esquerdo marroquino Acharaf Hakimi e o meio-campista holandês Georgino Wiljnaldum.

Funcionários do Barcelona removem cartaz com imagem de Messi -
Funcionários do Barcelona removem cartaz com imagem de Messi – Pau Barrena/AFP

O tema ainda é polêmico. Diante da saída do maior ídolo da história do clube – que atuou em 778 jogos oficiais, marcou 672 gols marcados e deu 268 assistências – associados do Barcelona entraram com uma queixa junto ao Tribunal Europeu de Apelação para impedir a contratação do PSG. O advogado Juan Blanco publicou nas redes sociais o documento dizendo que não há compatibilidade financeira para o anúncio.

“É inconcebível que o Fair Play Financeiro sirva para agravar a evolução dos negócios no futebol, a instrumentalização do futebol por poderes soberanos e a distorção das competições”, explica em um trecho.

No PSG, a camisa 30 quase sempre é utilizada por goleiros. Segundo a publicação, Messi não aceitou a cessão do número 10 por Neymar, antigo companheiro no Barcelona e seu amigo pessoal.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade