Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Mbappé aceita ‘correr para Messi andar’ e minimiza problema com Neymar

Apesar de ter percorrido menor quilometragem que o argentino no início da Champions, francês disse que se sacrificaria em respeito a hierarquia estabelecida

Por Da Redação Atualizado em 7 out 2021, 09h52 - Publicado em 5 out 2021, 09h09

Pouco depois de se manifestar pela primeira vez sobre as frustradas negociações para deixar o Paris Saint-Germain na última janela de transferência, Kylian Mbappé voltou a protagonizar polêmicas declarações. Em entrevista ao jornal L’Equipe, o francês afirmou haver uma “hierarquia” estabelecida que o faz correr para compensar um desgaste físico exagerado de Lionel Messi, principal contratação do clube e hoje com 34 anos, e também confessou ter criticado Neymar, mas que o problema foi controlado entre os dois.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Quando você tem Messi no time, sabe que ele tem que fazer um pouco menos para ter fôlego e estar mais lúcido para marcar. Então, se você tiver que ir, vá. Não há problema, é uma hierarquia estabelecida. Eu concordo em correr quando o Messi estiver andando, sem problemas! É o Messi, de qualquer maneira”, disse o jogador.

“Nunca imaginei ele vindo aqui! Ele é um dos poucos jogadores que coloquei na caixa “impossível jogar com ele”. Para mim, ele nunca iria deixar o Barcelona. Saboreio cada momento ao lado dele. Nunca devemos esquecer que continua sendo um privilégio. Ele é alguém que adora futebol. Fala com todos, tenta se encaixar do seu jeito, mesmo que seja um pouco tímido. Mas no campo, ele não é tímido (risos)”, completou.

  • Na Liga dos Campeões, porém, em duas partidas Messi correu mais do que Mbappé. Foram 16,9 km contra 14 km, segundo mapeamento da competição. O francês, porém, atuou por 141 minutos até na competição, enquanto o argentino os 180.

    A relação com Neymar também foi outro alvo de questionamento. O francês foi flagrado por uma câmera, no banco de reservas, supostamente direcionando críticas ao companheiro após o triunfo do PSG sobre o Montpellier, no último dia 25.

    Continua após a publicidade
    Mbappé foi capa do L'Equipe - Reprodução
    Mbappé foi capa do L’Equipe – Reprodução

    Pouco após ser substituído, aos 42 minutos do segundo tempo, ao lado do meio-campista Idrissa Gueye, Mbappé apontou em direção ao campo e disse: “sim, sim, ele não dá o passe para mim”. O flagra foi feito pela emissora Canal+.

    “Sim, eu disse isso. Agora, essas são coisas que acontecem o tempo todo no futebol. Simplesmente não precisa ser algo destacado. Por isso, logo depois conversei com ele sobre isso. Já trocamos muitas palavras assim no passado e vai continuar, porque queremos vencer, mas não deve haver um ressentimento”, explicou.

    “Não existe nada porque respeito o jogador e admiro o homem que ele é”, completou o jogador.

    Publicações francesas citaram que o momeno era fruto de um desgaste de relacionamento devido a “sul-americanização” do vestiário da equipe. Antes parceiros de habituais trocas de elogios públicos em entrevistas, Neymar e Mbappé agora estariam em lados opostos nos relacionamentos do elenco.

    O brasileiro tem em seu favor a maior parte de vestiário devido a proximidade com nomes como Di Maria, Marquinhos, Paredes, Icardi e Messi, enquanto Mbappé é visto como distante, estando ausente em reuniões informais.

    O trio MNM (Messi, Neymar e Mbappé) estará nos próximos dias a serviço das seleções argentina, brasileira e francesa, respectivamente.

    Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

    Continua após a publicidade
    Publicidade