CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Libertadores: The Strongest repete 2015 e se classifica na pré

Clube melhora o desempenho boliviano na fase preliminar do torneio

Por da redação Atualizado em 21 out 2021, 02h01 - Publicado em 24 fev 2017, 13h42

O The Strongest, da Bolívia, será um dos adversário do Santos na Copa Libertadores de 2017. O clube boliviano foi o último classificado da pré-Libertadores deste ano, ao golear o Unión Española, do Chile, por 5 x 0 em La Paz. Essa foi a segunda vez que um clube da Bolívia passou fase prévia da Copa Libertadores.

A única vez em que um clube boliviano havia passado desta fase foi em 2015, com o próprio The Strongest, que passou pelo Monarcas Morelia, do México. Naquela edição, o clube ficou a um ponto de se classificar às oitavas de final.

Neste século, os clubes bolivianos passaram a ter boas campanhas de forma mais recorrente. Em 2012, o Bolívar foi o primeiro clube do país em anos a chegar na fase oitavas de final. Já em 2014, pela primeira vez na história, dois clubes do país chegaram na fase mata-mata. O The Strongest foi até as oitavas e o Bolívar parou nas semifinais.

Já em 2015, com o avanço do The Strongest na pré-Libertadores, o país teve, pela primeira vez, três clubes na fase de grupos, e o Universitario de Sucre foi até as oitavas de final.

Naquele ano, o The Strongest passou pela Unión Española, do Chile, que tinha 100% de aproveitamento na pré-Libertadores, com duas classificações em duas participações antes desta.

Na fase grupos deste ano, o clube boliviano enfrentará o Santos, no Grupo 2 da Libertadores, além do Santa Fe, da Colômbia, e do Sporting Cristal, do Peru.

Veja abaixo o desempenho dos países na fase prévia da Copa Libertadores

País Aproveitamento Classificados Eliminados
Brasil 95% de aproveitamento (20 participantes, 19 classificados) Palmeiras (2005, 2006, 2009), Goiás (2006), Santos (2007), Paraná (2007), Cruzeiro (2008, 2010), Grêmio (2011, 2013), Flamengo (2012), Internacional (2012), São Paulo (2013, 2016), Atlético-PR (2014, 2017), Botafogo (2014, 2017), Corinthians (2015) Corinthians (2011)
Argentina 88,2% de aproveitamento (17 participantes, 15 classificados) Quilmes (2005), River Plate (2006), Vélez Sarsfiled (2007), Lanús (2008, 2014), Arsenal (2008, 2012), Estudiantes (2009, 2015), Independiente (2011), Tigre (2013), Huracán (2015, 2016), Racing (2016), Atlético Tucumán (2017) Colón (2010), Newell´s Old Boys (2010)
Colômbia 60% de aproveitamento (15 participantes, 9 classificados) América de Cali (2005), Júnior Barranquilla (2005), Santa Fe (2006, 2014, 2016), Deportes Tolima (2007, 2011, 2013), Independiente Medellín (2009) Boyacá Chicó (2008), Júnior Barranquilla (2010, 2017), Once Caldas (2012, 2015), Millonarios (2017)
Chile 57,1% de aproveitamento (14 participantes, 8 classificados) Audax Italiano (2008), Universidad de Chile (2009, 2014), Universidad Católica (2010), Unión Española (2011, 2012), Deportes Iquique (2013), Palestino (2015) Colo Colo (2005, 2006, 2017), Cobreloa (2007), Universidad de Chile (2016), Unión Española (2017)
México 41,7% de aproveitamento (12 participantes, 5 classificados) Chivas Guadalajara (2005, 2006), América (2007), Atlas (2008), Jaguares (2011) Pachuca (2009), Estudiantes Tecos (2010), Tigres (2012), León (2013), Morelia (2014, 2015), Puebla (2016)
Paraguai 35,7% de aproveitamento (14 participantes, 5 classificados) Nacional (2009), Libertad (2010, 2012), Cerro Porteño (2011), Olimpia (2013) Tacuary (2005, 2007), Nacional (2006), Cerro Porteño (2008, 2015), Guaraní (2014, 2016), Olimpia (2017), Deportivo Capiatá (2017)
Equador 33,3% de aproveitamento (15 participantes, 5 classificados) LDU Quito (2005, 2007), Deportivo Cuenca (2009), Emelec (2010), Independiente del Valle (2016) Deportivo Cuenca (2006), Olmedo (2008), El Nacional (2009, 2012, 2017), Deportivo Quito (2011, 2014), LDU Quito (2013), Independiente del Valle (2015, 2017)
Uruguai 28,6% de aproveitamento (14 participantes, 4 classificados) Racing (2010), Peñarol (2012), Nacional (2014), River Plate (2016) Peñarol (2005, 2009), Defensor (2006, 2013), Danubio (2007), Wanderers (2008, 2017), Liverpool (2011), Nacional (2015), Cerro (2017)
Peru 21,4% de aproveitamento (14 participantes, 3 classificados) Universitario (2006), Cienciano (2008), Juan Aurich (2010) Cienciano (2005), Sporting Cristal (2007, 2009, 2014), Alianza Lima (2011, 2015), Sport Huancayo (2012), Universidad César Vallejo (2013, 2016), Deportivo Municipal (2017), Universitário (2017)
Bolívia 14,3% de aproveitamento (14 participantes, 2 classificados) The Strongest (2015, 2017) Oriente Petrolero (2005, 2006, 2014, 2016), Blooming (2007), La Paz (2008), Real Potosí (2009, 2010, 2012) , Bolívar (2011, 2013), Universitario de Sucre (2017)
Venezuela 7,1% de aproveitamento (14 participantes, 1 classificado) Deportivo Táchira (2015) Mineros (2005, 2008), Deportivo Táchira (2006, 2007, 2010, 2017), Deportivo Anzoátegui (2009, 2013), Deportivo Petare (2011), Caracas (2012, 2014, 2016), Carabobo (2017)

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês