CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Libertadores 2022 terá cinco clubes estreantes

Dentre os brasileiros, Fortaleza, Red Bull Bragantino e América-MG jogarão a competição pela primeira vez

Por Da Redação 10 dez 2021, 13h04

Com o fim do Campeonato Brasileiro, as vagas do país para a Libertadores de 2022 foram preenchidas, tendo em vista que a Copa do Brasil será disputada por dois clubes já garantidos no torneio sul-americano. Dentre os nove brasileiros classificados, três são estreantes: Fortaleza, Red Bull Bragantino e América-MG. Entre os garantidos de todos os países, há mais dois inédito: o Plaza Colonia e o Montevideo City Torque, ambos do Uruguai.

Confira, abaixo, um resumo sobre cada um dos caçulas:

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

Fortaleza

Estreante em disputa, mas não em classificação. Vice-campeão da Taça Brasil de 1698, o Fortaleza teria o direito de participar da Libertadores do ano seguinte. No entanto, uma paralisação por quatro meses da competição fez a CBD (Confederação Brasileira de Desportos), responsável pelo futebol brasileiro na época, mudar os classificados. Mais adiante, um desentendimento entre a entidade brasileira e a Conmebol fez com que times do Brasil não jogassem o torneio até 1971. O Leão foi prejudicado por isso.

Neste ano, o Fortaleza terminou o Campeonato Brasileiro na quarta colocação e foi o grande destaque, com um time treinado pelo argentino Juan Pablo Vojvoda. Assim, garantiu a vaga na fase de grupos da competição mais importante do continente. A esperança para seguir lutando na Libertadores é a manutenção da base que fez história no Brasileirão e os jogos com apoio de sua torcida, no Castelão.

Fortaleza jogará a Libertadores de 2022
O técnico Vojvoda levou o Fortaleza ao quarto lugar do Brasileirão Fortaleza/Divulgação

Red Bull Bragantino

O investimento milionário da empresa austríaca fez o Bragantino, tradicional time do interior paulista, virar Red Bull Bragantino e mudar de patamar. As brigas, que eram por uma classificação no Campeonato Paulista e divisões inferiores do Campeonato Brasileiro, passaram a ser por vagas internacionais. Após um vice de Copa Sul-Americana, o sexto lugar no Brasileirão resultou na Libertadores 2022, feito inédito na história do Massa Bruta.

Maurício Barbieri foi o treinador responsável por encaixar um time repleto de jovens jogadores destacados, como Artur, atacante e Léo Ortiz, zagueiro. O gostinho no Brasileirão, ficou de “quero mais”, pois a campanha inicial foi de um sonho pelo título, mas, após queda de rendimento, quase terminou com a perda da vaga direta para a fase de grupos da Libertadores.

De olho no topo: o Bragantino quer ir além das fronteiras do interior
Campeonato Brasileiro; Red Bull Bragantino x Chapecoense ; Na foto, Artur comemora gol com Edimar, Gabriel Novaes, Cuello e Emiliano Martínez durante partida; foto de Ari Ferreira/Red Bull Bragantino/Divulgação
Continua após a publicidade

América-MG

Consolidado como a atual segunda força de Minas Gerais, o América Mineiro chegou à Libertadores de maneira heroica. Taxado como candidato ao rebaixamento durante grande parte do campeonato, o time fez uma excelente segunda parte do Campeonato Brasileiro e foi terceiro colocado do “returno”. Desse modo, terminou na 8ª posição e jogará a segunda fase da competição continental.

Marquinhos Santos, treinador, assumiu o time após Vagner Mancini deixar ao clube rumo ao Grêmio. Ademir, atacante, foi o expoente técnico da equipe e marcou 13 vezes na competição. O argentino Mauro Zarate, sua contratação de mais peso, também se destacou e, caso permaneça, voltará à competição que conhece bem (foi vice-campeão com o Boca Juniors em 2018). Para a Libertadores, o Coelho não deixa de sonhar e conta com a organização financeira e um elenco consistente.

Ademir, artilheiro do Coelho na Série A
Ademir, artilheiro do Coelho na Série A América-MG/Divulgação

Plaza Colonia – URU

Profissionalizado em 1999, o Plaza Colonia faz história no futebol uruguaio. Crescente no cenário nacional, o time disputou duas Sul-Americana antes de conquistar a inédita vaga na segunda fase da Libertadores. O terceiro lugar no Campeonato Uruguaio garantiu classificação à equipe que conta com o veterano Cristián “Cebolla” Rodríguez, de 36 anos, e ex-jogador da seleção uruguaia.

View this post on Instagram

A post shared by Plaza Colonia Oficial (@plazacolonia1917)

Montevideo City Torque – URU

Quarto colocado do último Campeonato Uruguaio, o Montevideo City Torque é um dos times mais promissores no cenário sul-americano. É um dos clubes-franquia do City Football Group, o mesmo que gere o Manchester City, da Inglaterra. O investimento é forte e fez a equipe fundada em 2007 garantir boa campanha na Sul-Americana 2020 e a vaga inédita na primeira fase da Libertadores.

View this post on Instagram

A post shared by Montevideo City Torque (@mvdcitytorque)

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2021

Continua após a publicidade

Publicidade