Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90/mês

Libertadores 2018: Palmeiras consegue 1ª vitória brasileira

Jogando na Colômbia, equipe brasileira fez 3 a 0, com dois gols de Bruno Henrique

Por Da redação Atualizado em 28 set 2021, 22h41 - Publicado em 1 mar 2018, 23h26

Jogando no estádio Metropolitano de Barranquilla, o Palmeiras tornou-se o primeiro clube brasileiro a vencer na fase de grupos da Libertadores de 2018. Com gols de Bruno Henrique (2) e Borja, o time paulista fez 3 a 0 no Junior Barranquilla, que na maior parte da partida jogou com um atleta a menos.

O Palmeiras começou o jogo pressionando, mas a primeira grande chance foi dos colombianos, aos seis minutos. Jonatan Alvez saiu na frente do gol, mas Jailson fez grande defesa. Aos oito minutos, German Gutiérrez deu um chute no rosto de Bruno Henrique e foi expulso pelo árbitro. Aos 18, em sua primeira partida como titular no ano, o volante palmeirense recebeu passe  de Dudu e chutou forte no canto, sem chances para o goleiro Sebastián Vieira.

Aos 32, o meia Matías Mier, que recebeu um soco de Felipe Melo na Libertadores de 2017, quando jogava pelo Peñarol, foi substituído pelo zagueiro Arias, na tentativa do técnico Alexis Mendoza de equilibrar o jogo, mesmo com um jogador a menos. O time colombiano passou a levar perigo, e aos 42 Téo Gutiérrez teve boa chance, mas foi desarmado em cima pelo lateral palmeirense Victor Luís.

Confira como foi o jogo entre Junior de Barranquilla e Palmeiras, minuto a minuto

Na segunda etapa, o time colombiano começou no ataque, mas foi o Palmeiras que voltou a marcar. Lucas Lima chutou e a bola bateu em um zagueiro do Junior Barranquilla. Na sobra, Borja acertou um voleio no alto e marcou um belo gol.

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Inspirado, Bruno Henrique marcou o terceiro aos 26, após receber passe de Guerra na área e chutar no canto direito. Aos 31, Thiago Santos, que entrou no lugar de Bruno Henrique, teve grande chance de marcar o seu, mas chutou longe do gol um lance dado “de presente” pelo zagueiro do Junior, que recuou errado.

O time colombiano ainda teve chance de descontar aos 39 com Jonatan Álvez, que sofreu pênalti cometido por Marcos Rocha. Na cobrança, o jogador bateu por cima do gol. Aos 43, o mesmo Álvez teve nova grande chance, na frente do gol, mas Jailson fez defesa com o pé.

Pelo mesmo grupo, Alianza Lima e Boca Juniors empataram no Peru por 0 a 0. O Palmeiras volta a jogar pela Libertadores no dia 3 de abril, em São Paulo, contra o Alianza Lima. Já o time colombiano enfrenta o Boca Juniors, na Argentina, dia 4.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DA COPA LIBERTADORES

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade