CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Liberta, Sula e rebaixamento: o que ainda está em jogo no Brasileirão

Grêmio precisa de combinação de resultados para escapar da Série B, enquanto Santos e São Paulo ainda sonham com a América

Por Da Redação 7 dez 2021, 09h59

A última rodada do Campeonato Brasileiro será jogada na próxima quinta-feira, 9. Com o Atlético Mineiro já campeão, vaga na Libertadores garantida por Flamengo, Palmeiras, Corinthians e Fortaleza e Chapecoense e Sport rebaixados, a competição ainda reserva times com ambição.

Black Friday Abril: Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

A briga por três vagas restantes na Copa Libertadores está entre Red Bull Bragantino, Fluminense, América-MG, Atlético Goianiense, Ceará, Santos, Internacional e São Paulo. Para fugir da Série B, Cuiabá, Bahia, Juventude e Grêmio ainda lutam. Dois deles cairão.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

O sonho da América

Entre as três vagas disponíveis na Libertadores, apenas uma garante classificação para a fase de grupos. Esta, o Red Bull Bragantino só perde em caso de tropeço contra o Internacional – que precisa vencer para sonhar com o G-8 – e vitória do Fluminense. O time carioca, por outro lado, recebe a Chapecoense, dona da pior campanha do Campeonato Brasileiro de pontos corridos. Contudo, uma derrota faz com que a vaga na competição continental fique ameaçada.

O América-MG faz boa campanha e jogará pela confirmação da vaga na Libertadores com o apoio de sua torcida. O Coelho recebe o São Paulo e três pontos carimbam o passaporte para a América. O tricolor paulista, recentemente livrado do rebaixamento, tem 48 pontos e alimenta um distante sonho de jogar as fases iniciais da competição continental. Para isso, o time de Rogério Ceni precisa vencer e contar com o tropeço de Internacional, Santos, Ceará e Atlético Goianiense.

Continua após a publicidade

Na casa dos 50 pontos, mas fora da zona de classificação, o Atlético Goianiense e o Ceará aguardam ansiosamente um tropeço do América e do Fluminense. O time de Goiás joga em casa contra o Flamengo, já garantido na segunda posição, e a equipe da capital cearense viaja para São Paulo e enfrenta o Palmeiras, já de férias e utilizando jovens.

Embalado, o Santos tem 49 pontos, enfrenta o Cuiabá e depende também de muitos tropeços de adversários para “beliscar” uma vaga. O jogo será na Vila Belmiro, local onde o peixe não é derrotado desde o início de novembro. Em má fase, o Internacional tem um duro desafio para seguir sonhando, pois enfrenta o Bragantino, no interior paulista. Com 48 pontos marcados, a chance de classificação é mínima, mas pode cair no colo do Colorado.

Rebaixamento ou Sul-Americana

Há uma grande possibilidade do 15º colocado do Campeonato Brasileiro disputar a Copa Sul-Americana. Assim, apenas uma equipe, além dos rebaixados, não jogará uma competição continental. Para isso acontecer, o Athletico-PR, atual campeão do torneio da América do Sul, precisa terminar em 14º ou mais. Logo, Juventude, Bahia e Cuiabá, que brigam contra a queda, ainda podem se classificar para a competição.

Na 15º colocação, o Cuiabá precisa de um empate contra o Santos (sonhando com Libertadores) para cravar seu nome na lista de classificados para a Sul-Americana. No entanto, o Bahia, lutando contra a queda, visita o Fortaleza, já classificado à fase de grupos da Libertadores, podendo chegar em 46 pontos. O Juventude, que precisa pontuar para pensar em seguir na elite, recebe o Corinthians, também sem grandes lutas.

Sem pretensão nenhuma além de se salvar do rebaixamento, o Grêmio ocupa a 18º posição com 40 pontos. Para que o tricolor gaúcho não jogue a Série B de 2022, Juventude e Bahia não podem sequer pontuar e o time de Vagner Mancini precisa vencer o Atlético Mineiro, campeão da competição.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês