CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Lewandowski vê The Best como superior a Bola de Ouro e critica Messi

Atacante diz que formato de votação da premiação francesa é discutível e reclama de promessa não cumprida pelo atacante argentino

Por Da redação Atualizado em 4 fev 2022, 14h21 - Publicado em 4 fev 2022, 13h44

O atacante polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, voltou a provocar polêmica em torno das premiações entregues ao melhor jogador do mundo. Em entrevista a uma revista polonesa, divulgada pelo jornal espanhol Marca, o jogador disse que o Fifa The Best, premiação que venceu no último dia 17 de janeiro, é mais valioso do que o da Bola de Ouro, outra tradicional condecoração entregue pela revista francesa France Football na qual ficou em segundo lugar na votação e tem Lionel Messi como atual vencedor.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 6,90/mês. Não perca!

“Tenho pensado ultimamente e cheguei à conclusão de que o prêmio da Fifa é mais importante. Só os jornalistas votam na Bola de Ouro, não há uma verificação clara. Em vez disso, os profissionais do futebol e a imprensa votam na Bola de Ouro ou os capitães e treinadores de cada seleção podem avaliar nossas atuações de forma mais realista e objetiva, pois sabem quanto cada jogo, cada recorde, cada lesão nos custa”, disse o camisa 9.

“Talvez no prestigioso ranking, a Bola de Ouro está melhor posicionado, mas o reconhecimento que recebi ao ganhar o The Best me deixa orgulhoso porque sei o quanto trabalhei por muitos anos”, completou o atleta de 33 anos, detentor de dois Fifa The Best, estando na mesma posição que Ronaldinho Gaúcho, também duas vezes vencedor.

Continua após a publicidade

Uma semana após perder a premiação para o atacante do Paris Saint-Germain, Lewandowski, em entrevista ao canal Kanale Sportowym, admitiu ter ficado triste por não ter ganho a Bola de Ouro, “passei um mau momento na semana passada. Não vou mentir, fiquei triste. Não foi fácil jogar sem essa felicidade que me faltava. Não estava feliz, pelo contrário” e disse ainda que duvida da sinceridade da fala do adversário em seu discurso de que também merecia vencer.

Lewandowski e Messi podem repetir disputa em janeiro, no The Best -
Lewandowski levou o prêmio da Fifa, mas Messi ficou com a Bola de Ouro – Montagem/Getty Images

Além disso, ele contou ter votado em Messi por admirá-lo, porém demonstrou estar incomodado com o fato de o argentino não ter votado nele, uma vez que foi uma promessa feita por ele mesmo. “Eu votei nele porque aprecio o que ele fez este ano e antes. Messi disse que votaria em mim para a Bola de Ouro, seu ponto de vista mudou depois? Não sei. Não tenho queixas, ele tomou sua decisão e é isso. De qualquer forma, ganhei o prêmio, então foi mais fácil para mim aceitá-lo.”

O camisa 9 do Bayern era favorito a receber a Bola de Ouro em 2020, porém foi prejudicado pela pandemia da Covid-19, uma vez que a premiação foi cancelada. Robert fez 63 gols na temporada, 19 a mais que o segundo colocado, Kylian Mbappé. Na disputa com Messi, ele somou 580 pontos contra 613 do argentino em um júri composto por 180 jornalistas.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês