CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Lenda da Alemanha e do Bayern, Gerd Muller morre aos 75 anos

Ex-jogador foi campeão da Copa do Mundo de 1974 e ainda é o maior artilheiro da história do Campeonato Alemão; ele sofria de Alzheimer

Por Da Redação Atualizado em 23 set 2021, 17h37 - Publicado em 15 ago 2021, 11h35

Morreu na manhã deste domingo, 15, Gerd Muller, ídolo do Bayern de Munique e da seleção alemã, segundo comunicado oficial do clube bávaro. Campeão da Copa do Mundo de 1974 e vencedor da Bola de Ouro de 1970, o ex-atacante tinha 75 anos e sofria de Alzheimer.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

“Hoje é um dia triste e sombrio para o Bayern e todos os seus fãs. Gerd Muller foi o maior atacante de todos os tempos e uma grande personalidade do futebol mundial”, disse Herbert Hainer, presidente do Bayern, em nota oficial.

Apelidado de “Der Bomber” (“O Bombardeiro”, em alemão) pelo seu alto número de gols anotados, Gerd Muller atuou praticamente durante toda sua carreira profissional no Bayern. Entre 1964 e 1979, ele marcou inacreditáveis ​​566 gols em 607 jogos oficiais pelo clube alemão e estabeleceu o recorde de 365 gols no campeonato nacional por pontos corridos.

Ainda pelo clube bávaro, conquistou a Liga dos Campeões por três vezes, além de quatro títulos do Campeonato Alemão, quatro da Copa da Alemanha e um Mundial de Clubes. Ele ainda teve passagens pelo também alemão TSV 1861 Nordlingen e pelo Fort Lauderdale Strikers, dos Estados Unidos.

“A notícia da morte de Gerd Muller nos afeta profundamente. Ele é uma das maiores lendas da história do Bayern e suas conquistas são incomparáveis ​​até hoje. Gerd ficará em nossos corações para sempre”, afirma Oliver Kahn,, ex-goleiro e atual CEO do clube.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Morre Gerd Muller, ídolo do Bayern e da Alemanha
Morre Gerd Muller, ídolo do Bayern e da Alemanha Pressefoto Ulmerullstein bild/Getty Images

Pela seleção alemã, Muller, que anotou 68 gols em 62 jogos, conquistou a Copa do Mundo de 1974 e a Eurocopa de 1972. É um dos maiores artilheiros da história do Mundial, com 14 gols, marcados nas edições e 1970 e 1974. Foi o líder do ranking até 2006, quando foi ultrapassado por Ronaldo Fenômeno, com 15, e, em 2014, por Miroslav Klose, que chegou a 16 tentos.

Depois de pendurar as chuteiras como jogador profissional, Gerd trabalhou durante muitos anos como técnico das categorias de base do Bayern. Em outubro de 2015, o ídolo alemão foi diagnosticado com Alzheimer.

Na última temporada do Campeonato Alemão, Robert Lewandowski chegou a 41 tentos em uma única edição da competição e superou o recorde que pertencia a Gerd Muller. O ex-atacante, também pelo time bávaro, havia marcado 40 gols em uma única edição do Alemão na temporada 1971/72 . Na comemoração, o polonês mostrou um camisa com os dizeres “4Ever Gerd” (“Para sempre, Gerd”, em inglês).

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Impressa + Digital no App

a partir de R$ 14,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital no App

a partir de R$ 9,90/mês